Início Empresas Aéreas As últimas informações da Asas Linhas Aéreas, a nova empresa aérea do...

As últimas informações da Asas Linhas Aéreas, a nova empresa aérea do Brasil

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Durante uma entrevista ao canal Teaching For Free do YouTube, na noite desta quinta-feira (7), os executivos da Asas Linhas Aéreas tiveram a oportunidade de falar sobre o progresso do projeto e da implantação da nova empresa aérea cargueira do Brasil, que havíamos apresentado aqui no AEROIN em junho.

Estiveram presentes na conversa com a equipe do canal Orlando Menezes, presidente da Asas, o comandante Jose Antonio Baptista, Diretor de Operações, e Hélio Oliveira, Diretor de Manutenção.

Os executivos comentaram que os planos da empresa, que está estabelecida em São José dos Campos (SP), incluem iniciar operações a partir do aeroporto local com um Boeing 727-200F, mas com a intenção de trazer mais aeronaves ainda nesse ano. A ideia é decolar a partir do mês de março.

Frota e Rotas

Enquanto o processo de certificação avança na ANAC, o primeiro jato Boeing 727-200F, de matrícula PR-IOC, deverá passar por manutenção inicial em Curitiba, onde está parado há alguns anos, desde que deixou de voar pela Rio Linhas Aéreas, para que possa ser transladado até o local em que será submetido à manutenção pesada tipo Check C.

Quando a manutenção estiver concluída, o Certificado de Aeronavegabilidade deverá ser renovado (atualmente, o CA está suspenso). Além desse Boeing 727, os planos da empresa incluem a chegada de mais duas aeronaves até o final do ano.

Sobre as rotas, os executivos comentaram que as aeronaves devem ser alocadas em voos cargueiros em regiões mal atendidas ou com demanda reprimida do Brasil, embora detalhes dessas ligações não tenham sido dados. Outro plano da companhia é entrar no filão da Rede Postal Noturna (RPN) dos Correios, atualmente atendida por Total Linhas Aéreas e Sideral.

O nome e as cores

Ao ser questionado do porquê de iniciar uma empresa aérea nesse momento, Menezes disse ser uma pessoa apaixonada por aviação e que sempre teve o objetivo de capitanear um projeto de uma empresa aérea. Quando a oportunidade apareceu, ele a abraçou. Por sua vez, a origem do nome Asas faz alusão a “liberdade”, “voo”, “prazer de estar no ar”.

Uma curiosidade do processo de definição do nome, revelada por Menezes, é que uma das primeiras etapas do processo na ANAC requer a submissão de três ou quatro nomes para que a agência pesquise no banco de dados e verifique se nunca foi usado antes. Menezes confessa que torceu muito para que sua primeira opção, o nome Asas, não tivesse sido usado ainda. Uma torcida que deu certo.

Passageiros

Indagado sobre a possibilidade de operar voos de passageiros, Menezes comentou que é “inevitável que no médio prazo isso aconteça” e que faz parte do plano de negócios da companhia, embora detalhes ainda não tenham sido revelados. Mas que o foco inicialmente é totalmente ao mercado de cargas.

Como a empresa espera operar em março, a janela temporal é curta, o que significa que nos próximos meses deverão ser anunciadas novidades sobre o processo de manutenção e de ativação do Certificado do Boeing 727, assim como as rotas.