Asa de Boeing 737 atinge e derruba poste de iluminação do aeroporto

Receba essa e outras notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Um poste de iluminação ficou completamente destruído em decorrência de um impacto da asa de um Boeing 737, que o atingiu durante o deslocamento de solo após o pouso.

Segundo informações da mídia indiana, a aeronave é operada pela companhia aérea Air India Express e colidiu com o poste elétrico após pousar no Aeroporto Internacional de Vijayawada, em Gannavaram, Índia. “Todos os 64 passageiros a bordo e a tripulação estão bem”, disse o diretor do aeroporto, G Madhusudan Rao.

Pelas imagens da ocorrência, o desenho da cauda do avião revela se tratar do Boeing 737-800 registrado sob a matrícula VT-GHE, pois a frota da companhia aérea possui diferentes imagens em suas caudas.

Dados do rastreador de voos FlightRadar24 mostram que o jato partiu de Doha, no Catar, no voo de número IX-1676, pousando em Vijayawada por volta das 08:20 (horário de Brasília) da manhã do sábado, 20 de fevereiro.

Na sequência, a continuidade da rota, que deveria partir cerca de uma hora depois com destino a Tiruchirapalli, também na Índia, foi atrasada até o final da noite do sábado (horário de Brasília), e então foi cumprida por outro Boeing 737-800, de matrícula VT-AXI.

O B737 cumprindo o voo que terminou com o incidente – Imagem: FlightRadar24

O VT-GHE permanecia em solo até o momento da publicação desta matéria, e assim deve continuar por mais algum tempo até ser inspecionado e reparado, pois se nota claramente que houve uma grande deformação no bordo de ataque da asa direita em decorrência do impacto com o poste.

A empresa aérea informou que abriu uma investigação interna para avaliar as causas da ocorrência.

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Azul segue adiando a volta dos seus voos para a terra...

0
Em abril do ano passado, a Azul Linhas Aéreas operou seu último voo regular entre Campinas e Orlando, onde ficam os principais parques