Assim foi pintado o primeiro Embraer 190 da Aerolíneas Argentinas

Receba essa e outras notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Saiu do hangar da Fábrica de Aeronaves da Argentina (FAdeA), em Córdoba, o primeiro Embraer E190 ex-Austral já pintado nas cores da Aerolíneas Argentinas. Com a matrícula LV-CMA, esse o primeiro a ser pintado nas cores da principal empresa argentina após a fusão operacional com a Austral.

Os nossos parceiros do Aviacionline foram convidados com exclusividade a presenciar o processo de pintura desse avião, uma ocasião única para entender do que se trata esta etapa e poder retratá-la em profundidade.

Lembremos que após a união das duas empresas, espera-se que toda a frota de dez aviões Embraer, que carregavam a pintura da Austral, gradualmente tenham sua pintura padronizada nas cores da Aerolíneas.

O relato completo da pintura, com muitos detalhes do processo, pode ser lido diretamente no site do Aviacionline.

Ainda que a diferença entre as duas pinturas possa parecer muito pequena e quase que resumida ao nome fuselagem, a aeronave foi totalmente repintada. O processo iniciou-se pelo nariz do Embraer e seguiu em direção à cauda, ​​sendo neste sentido para respeitar o fluxo de ar do hangar.

A pintura durou cerca de 45 minutos, onde um operador no solo ficou encarregado da parte ventral da fuselagem e dos motores, mais dois em andaimes localizados nas duas faces laterais da fuselagem e outros dois, elevados sobre uma grua, estavam no topo do E190. Duas demãos de tinta deram um novo brilho ao jato.

A entrega da aeronave para entrada na frota da Aerolíneas Argentinas finalmente ocorreu nesta quarta-feira, 3 de março.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Governo Dória publica edital de concessão para 22 aeroportos regionais paulistas

0
O Governo de SP lança o edital de concorrência internacional para leilão da concessão dos 22 aeroportos regionais, atualmente administrados