Associações se movem contra voos cargueiros com um só piloto

© FedEx

Duas associações de pilotos nos EUA foram até a FAA – Autoridade de Aviação Civil americana – para tentar barrar um estudo que analisa a operação de aviões cargueiros com apenas um piloto, ao invés de dois que é exigido pela legislação atual.




Previsto para este ano, está um estudo conjunto da FAA, NASA e outras agências americanas, para realizar a pesquisa e desenvolvimento de um programa para operação de aeronaves cargueiras com apenas um piloto (single pilot) assistido por computadores em voos ou pilotagem remota.

Em declaração conjunta, a ALPA – Air Line Pilots Association e a IPA – Independent Pilots Association disseram “que os pilotos cargueiros membros de nossas associações se opõem aos estudos a serem conduzidos e imploram ao congresso para que rejeitem esta proposta sem demora”.

Ainda segundo as associações, caso a idéia siga em frente, promover a operação single pilot de aeronaves cargueiras comerciais irá minar anos de investimentos em segurança colocando vidas em risco. “O desejo por algumas pessoas na indústria de ter operações single pilot ou autônoma em aeronaves cargueiras coloca seriamente o público americano e as tripulações destas aeronaves em uma posição tênue. Por vários anos, a aviação tem sido a forma de transporte mais segura nos EUA.”

E completam falando sobre o risco da assistência feita por computadores: “Com o aumento de frequência e gravidade de casos envolvendo hackers em operações civis e militares de drone, além de acidentes envolvendo veículos autônomos, consideramos que qualquer uso desta tecnologia é no mínimo prematura.”

Pela AirCargoNews

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é Piloto Comercial, Despachante, Bacharel em Ciências Aeronáuticas, membro da AOPA e veterano da Western Michigan University #GoBroncos