Aston Martin lança carro de R$ 1,7 mi com peças retiradas de um Concorde

Supersônico Concorde
Concorde G-BOAF e o Aston Martin G-BOAC

O ícone mundial da aviação e mais famoso jato de passageiros supersônico Concorde, irá tomar as pistas de novo, mas agora com quatro rodas e na forma de um legítimo Aston Martin.

Isso só será possível porque a companhia aérea British Airways e a montadora anunciaram hoje uma parceria para a criação da versão Concorde do super esportivo DBS Superleggera.

Com data prevista de estreia em 2020, o carro contará com peças de titânio oriundas das lâminas do compressor dos motores Rolls-Royce Olympus 593, que equipavam o Concorde.

Além disso cada carro produzido terá uma matrícula oficial, aprovada pela agência de aviação civil do Reino Unido, tal como G-BOAF, que foi usada pelo último jato Supersônico da empresa aérea inglesa. Ao lado da matrícula estará o logo de cauda da British Airways, igual nos aviões.

A pintura externa será baseada na pintura do Concorde da BA, com vermelho, azul e branco. A silhueta do jato supersônico estará presente na entrada de ar lateral próxima a roda dianteira.

Serão produzidos apenas 10 carros desta edição mega-exclusiva, sendo cada um vendido ao preço de £321.350 libras esterlinas, ou cerca de R$1 milhão e 759 mil reais em valores atuais. A venda será feita exclusivamente na concessionária da Aston Martin em Bristol, a apenas três milhas de onde o G-BOAF hoje reside, no Museu Aerospace Bristol.

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

Exclusivo: Documento mostra estudo de ampliação do número de voos em...

0
EXCLUSIVO - Como parte dos procedimentos que antecedem ao leilão da Sétima Rodada de Concessão de Aeroportos, previsto para o primeiro