Início Empresas Aéreas Crise leva Atlas Air a reativar avião Jumbo que havia aposentado apenas...

Crise leva Atlas Air a reativar avião Jumbo que havia aposentado apenas três meses atrás

Conforme temos mostrado nos últimos dias, a aviação mundial de cargas tem vivido um momento excepcional diante da crise, e a reativação de aeronaves cargueiras aparece como mais um indicativo desse fato.

Avião Boeing 747-400F Atlas Air
Boeing 747-400F

O mercado aéreo cargueiro já vinha há anos enfrentando dificuldades em se manter lucrativo, com exceção de algumas companhias aéreas que se beneficiam de parcerias para o transporte de produtos do crescente mercado de vendas digitais, especialmente nos Estados Unidos.

Mas, em geral, as empresas que operam frotas exclusivas de carga vinham sofrendo concorrência da eficiência da malha dos aviões de passageiros, que levam pacotes pelo mundo todo em seus porões.

Agora, no entanto, diante da parada quase completa dessa frota de jatos de passageiros por conta da queda de demanda da pandemia de COVID-19, a aviação de carga experimenta um retorno a seus tempos de ouro.

Como mostramos ontem, noite da quinta-feira (02), estavam no ar nada menos do que 143 Boeings 747 ao mesmo tempo, sendo que apenas oito deles não eram de carga. E, claro, não nos esqueçamos de todos os outros modelos de cargueiros que também voavam, já que focamos apenas no clássico Jumbo.

FlightRadar24 Jumbos 747 em voo
Dezenas de Jumbos em voo na noite de ontem – Imagem: FlightRadar24

Dos 135 cargueiros 747 em voo ontem, destacamos que 16 eram da Atlas Air, a empresa com mais Jumbos no ar naquele momento. E é exatamente essa companhia aérea que está reativando mais um desses gigantes que mal tinha tirado de operação.

Segundo dados do Airfleets, a Atlas Air tem incríveis 32 Boeings 747 cargueiros, sendo 27 do modelo antigo 747-400F e 5 do novo 747-8F. Fora estes em operação, ela já teve outros 8 do -400F que foram aposentados.

Avião Boeing 747-8F Atlas Air
Boeing 747-8F

E um desses 8 era a aeronave de matrícula N429MC, que voou originalmente como um jato de passageiros a partir de sua fabricação em 1990, mas foi convertido para cargueiro em 2008.

O N429MC era frequentemente visto no Brasil, já que a Atlas faz voos regulares quase diários para o aeroporto de Viracopos, em Campinas/SP. Porém, havia sido tirado de operação em janeiro desse ano, e armazenado no Marana Pinal Airpark, um aeroporto no deserto do Arizona (EUA).

O Pinal Airpark, onde estava estocado o 747 – Imagem: Google Maps

Mas, agora, diante desse boom de carga aérea decorrente da crise mundial, este Jumbo foi reativado cerca de três meses depois da decisão de tirá-lo de operação.

O primeiro voo do 747 da Atlas de volta à ativa – Imagem: FlightRadar24

O N429MC ainda não entrou em operação regular, mas já foi levado na última quarta-feira, 1º de abril, para Los Angeles, conforme você pôde ver na imagem do FlightRadar24 acima. Possivelmente ele está passando por procedimentos de manutenção relacionados a seu retorno aos voos, depois de três meses de inatividade.

A qualquer momento você pode verificar se este Jumbo está no ar, ou se já efetuou algum outro voo desde a reativação, através do FlightRadar24, clicando aqui.