ATR-72 da Azul tem flaps desalinhados após decolagem e precisa retornar a Campinas

No último dia 2 de junho, um ATR-72 precisou retornar ao aeroporto de Campinas, no interior de São Paulo, logo após a decolagem, depois que uma indicação de falha nos flaps foi indicada aos pilotos através do sistema de informações da aeronave.

Aeronave ATR 72-600 da Azul Linhas Aéreas semelhante à envolvida no incidente

O incidente foi reportado pela empresa aérea ao Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA), onde as informações dão conta de que a aeronave, registrada sob a matrícula PR-AQE, iria realizar um voo regular até Uberlândia, em Minas gerais.

A aeronave que estava levando 4 tripulantes e 70 passageiros decolou do Aeroporto Internacional de Viracopos e, durante a fase de subida, apresentou uma mensagem indicando ‘FLAP RH JAMMED’, com o flap esquerdo na posição 0 e o flap direito na posição 15.

Após a mensagem, os pilotos no comando do ATR iniciaram os procedimentos padrão do Manual de Referência Rápida (QRH) e em seguida julgaram necessário o retorno ao aeroporto de onde haviam saído.

Dados obtidos através da plataforma RadarBox mostram que a aeronave decolou por volta das 13h (horário local) e, já sobrevoando a 5.000 pés (1.500 metros) próximo à cidade de Sumaré (SP), realizou uma curva até a cidade de Paulínia, de onde retornou ao Aeroporto Internacional de Viracopos.

Imagen: RadarBox

A aeronave efetuou um pouso sem intercorrência na pista 33 do aeroporto de Campinas, após 25 minutos de voo. O CENIPA classificou a ocorrência como incidente e a aeronave não sofreu nenhum dano. O caso já foi finalizado, embora a causa do incidente não tenha sido informada.

O ATR-72 envolvido no incidente permaneceu em solo até o dia seguinte, dia 3 de junho e, no início da tarde, realizou um voo regular para a cidade de Araçatuba, no interior de São Paulo, decolando às 13h35.

Relembre outros incidentes ocorridos recentemente:

Juliano Gianotto
Ativo no Plane Spotting e aficionado pelo mundo aeronáutico, com ênfase em aviação militar, atualmente trabalha no ramo de fotografia profissional.

Veja outras histórias

‘Avião-tartaruga’ não consegue decolar após uma tartaruga invadir a pista no...

0
As operações do movimentado aeroporto de Narita, em Tóquio, foram afetadas por cerca de 12 minutos e cinco voos atrasaram na sexta-feira (24)