Início Aviação Executiva Aumenta o número de jatos no transporte aéreo sob demanda no Brasil

Aumenta o número de jatos no transporte aéreo sob demanda no Brasil

Jato Citation Sovereign

Dados publicados nesta semana pela Associação Brasileira de Aviação Geral (ABAG) indicam que, depois de um longo período de extremas dificuldades, 2021 está se mostrando um ano favorável para o transporte aéreo sob demanda, o chamado táxi aéreo.

A frota operacional disponível – aeronaves com certificado de aeronavegabilidade válido junto ao Registro Aeronáutico Brasileiro (RAB) – saltou de 572 aviões e helicópteros em dezembro de 2019 para 600 em junho de 2021, projetando um crescimento de aproximadamente 10% na quantidade de aeronaves até dezembro deste ano.

As 600 aeronaves da frota de junho de 2021 ainda estão ligeiramente abaixo da que havia no mesmo mês pré-pandemia: eram 607 em junho de 2019. Entretanto, o perfil das aeronaves do táxi aéreo nacional também está se alterando: nos últimos 12 meses, a frota de aviões a jato aumentou 8%, enquanto a de aviões a pistão diminuiu 6%.

Isto significa, segundo a ABAG, que o segmento está aumentando sua capacidade de geração de receita, uma vez que o fretamento das aeronaves a jato agrega muito mais valor ao faturamento das empresas.

Informações da Associação Brasileira de Aviação Geral

Sair da versão mobile