Com bom aumento de receitas, LATAM volta a melhorar situação financeira em outubro

Temos acompanhado mês a mês a evolução dos dados financeiros do Grupo LATAM Airlines, que segue emitindo desde junho seu Reporte Operacional Mensal (MOR, na sigla em inglês) exigido pelo processo de recuperação judicial sob o Chapter 11 na justiça dos Estados Unidos da América.

Depois dos três primeiros reportes, de junho a agosto, terem mostrado uma redução gradativa dos prejuízos operacional e líquido da LATAM Airlines, o mês de setembro havia revelado uma inversão de tendência nos dois indicadores, com aumento de 85% na perda líquida, passando de prejuízo de US$ 139,8 milhões em agosto para US$ 258,8 milhões em setembro.

Agora, os valores de outubro, divulgados na segunda-feira, 30 de novembro, mostram que as receitas consolidadas das empresas aéreas do grupo tiveram bom aumento no mês, principalmente por grande melhora nas receitas com passagens aéreas, resultando em retorno à tendência de diminuição nos prejuízos.

Veja a seguir o comparativo de receitas entre agosto (o melhor mês desde o início da Recuperação Judicial) e outubro:

Agosto/2020:
– Receitas com passagens aéreas: US$ 63,8 milhões
– Receitas com carga: US$ 87,3 milhões
– Outras receitas: US$ 101,5 milhões
Total: US$ 252,6 milhões

Outubro/2020:
– Receitas com passagens aéreas: US$ 115,8 milhões
– Receitas com carga: US$ 113,0 milhões
– Outras receitas: US$ 52,0 milhões
Total: US$ 280,9 milhões

Como consequência dessa melhora nas receitas e da continuidade no controle dos custos operacionais, os prejuízos Operacional e Líquido do Grupo LATAM em outubro voltaram ao patamar anterior a setembro, conforme se observa na sequência de valores a seguir:

Resultado operacional:
– Junho/2020: prejuízo de US$ 482,8 milhões
– Julho/2020: prejuízo de US$ 161,5 milhões
– Agosto/2020: prejuízo de US$ 141,7 milhões
– Setembro/2020: prejuízo de US$ 261,5 milhões
– Outubro/2020: prejuízo de US$ 98,3 milhões

Resultado líquido:
– Junho/2020: prejuízo de US$ 670,6 milhões
– Julho/2020: prejuízo de US$ 175,3 milhões
– Agosto/2020: prejuízo de US$ 139,8 milhões
– Setembro/2020: prejuízo de US$ 258,8 milhões
– Outubro/2020: prejuízo de US$ 153,1 milhões

Dados financeiros de outubro – Fonte: LATAM Airlines

A LATAM destaca que estes comunicados oficiais da empresa ao mercado através dos MORs são dados preliminares e não auditados, emitidos apenas para cumprimento de exigência do Chapter 11. Apesar disso, eles permitem acompanhar a tendência da evolução financeira do grupo, sendo um bom balizador para as perspectivas dos próximos meses.

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Cantor Gusttavo Lima frete um Boeing 737 para levar oxigênio ao...

0
O cantor Gusttavo Lima decidiu ajudar a crise de falta de oxigênio Amazonas e fretou um Boeing 737 para levar cilindros para o estado.