Início Aeroportos Autorizada reforma no terminal e pista do Aeroporto de Garanhuns (PE)

Autorizada reforma no terminal e pista do Aeroporto de Garanhuns (PE)

IMAGEM: Heudes Regis – Divulgação Secretaria Especial de Imprensa do Governo de Pernambuco

O Governo do Estado de Pernambuco autorizou a realização de obras de requalificação do aeroporto de Garanhuns, no agreste pernambucano. O termo que libera a publicação do edital de licitação para a execução da reforma foi assinado na sexta-feira, 23 de outubro, pelo governador Paulo Câmara (PSB).

O plano de melhorias do aeroporto prevê a recuperação do Terminal de Passageiros, a reforma do pavimento da pista de pouso e decolagem, a reconstrução das cercas de segurança  e a reforma do balizamento noturno. Também haverá mudanças no sistema de sinalização e a implantação de novos serviços de zeladoria.

O investimento previsto será de aproximadamente R$ 3,8 milhões e a reforma será capitaneada pela Secretaria de Infraestrutura e Recursos Hídricos. Em declaração à imprensa, Paulo Câmara disse que a melhoria no Aeroporto de Garanhuns pertence a um processo para atrair novas opções de transporte aéreo para o estado.

“Já fizemos movimentos importantes em Caruaru e em Serra Talhada, que vão receber, agora em novembro, voos da Azul. Vamos iniciar o processo também aqui nesta cidade, para termos outro polo de aviação. É um movimento muito importante que, com certeza, vai atrair empresas aéreas. Garanhuns vai se juntar a um corredor já existente, formado por Petrolina, Recife, Caruaru e Serra Talhada”, disse o governador.

A secretária estadual de Infraestrutura e Recursos Hídricos, Fernandha Batista, declarou que uma das metas da gestão é incentivar a aviação regional do no estado. “Essa requalificação perpassa a reconstrução da pista e toda a complementação de cercas, a questão da segurança operacional do aeroporto e a construção de um novo terminal de passageiros. Isso vai permitir que o Estado aumente a atratividade das companhias aéreas para fazerem uma operação também aqui no Agreste Meridional”, detalhou a secretária.