Avianca avança no processo do Chapter 11 e registra plano de reorganização

Em 10 de agosto de 2021, o Conselho de Administração da Avianca Holdings aprovou o registro do Plano de Reorganização e a Declaração de Divulgação anexada ao Plano no Tribunal de Falências dos Estados Unidos para o Distrito Sul de Nova Iorque. O Plano é o resultado de negociações com investidores e outras partes relacionadas e traça a proposta da Avianca para satisfazer as obrigações com os credores, enquanto a Declaração de Divulgação descreve os termos do Plano e o processo de aprovação correspondente.

“Este registro do Plano representa um marco importante à medida que continuamos em direção à conclusão bem-sucedida de nossa reestruturação financeira e operacional. A Companhia fez progressos significativos no reposicionamento e simplificação dos negócios com a adoção de preços mais competitivos para os passageiros, dando continuidade ao nosso processo de reconfiguração de aeronaves, expandindo nossas rotas tanto no mercado interno quanto internacional”, disse a nota da empresa.

A próxima etapa no processo do Chapter 11 será uma audiência para o Tribunal de Falências dos Estados Unidos para considerar a aprovação da Declaração de Divulgação, que está agendada para 14 de setembro de 2021.

“A Avianca mantém o compromisso de conectar pessoas, territórios e negócios sob uma proposta de valor que atenda às necessidades do passageiro de hoje, com o melhor atendimento e os mais altos padrões de segurança. A Avianca continuará construindo nosso legado de 100 anos para emergir como uma companhia aérea financeiramente mais sólida e eficiente, bem posicionada para o sucesso de longo prazo”, conclui.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Conheça, por dentro e por fora, o primeiro Boeing 787 da...

0
Trazemos para você detalhes em fotos e vídeo sobre o primeiro Boeing 787 Dreamliner a ser operado por uma companhia aérea brasileira.