Avião A330neo da TAP perde a ponta da asa ao atingir poste de iluminação

Um avião de grande porte da companhia aérea TAP Air Portugal está fora de operação desde o sábado, 1º de maio de 2021, e assim deve permanecer por algum tempo até ser reparado, devido a sérios danos após um incidente envolvendo a ponta de sua asa esquerda.

Segundo informações obtidas pela agência Lusa a partir de fonte no aeroporto Osvaldo Vieira, em Bissau, na Guiné-Bissau, um Airbus A330 da empresa colidiu com um poste de iluminação quando manobrava no pátio logo depois de ter pousado.

Imagens dos danos mostram que o avião envolvido foi o registrado sob a matrícula CS-TUJ. Este é um A330-900, modelo que é a maior das duas versões da geração mais recente da família A330 da Airbus, também conhecida como A330neo.

O banco de dados do Airfleets registra que o CS-TUJ foi fabricado em maio de 2019 e entregue à TAP em julho daquele ano, portanto, possui pouco menos de 1 ano e 10 meses de uso comercial.

Um porta-voz da empresa aérea detalhou à Lusa que o voo, que partiu de Lisboa, levava 232 passageiros, e todos desembarcaram em segurança em Bissau após o incidente de solo.

Dados captados pela plataforma RadarBox mostram que o voo TP-1477 havia partido da capital portuguesa por volta das 09h40 UTC e chegado ao destino por volta das 13h40 UTC.

O A330neo CS-TUJ em seu voo no sábado – Imagem: RadarBox

As imagens do incidente permitem notar a ponta da asa, também chamada de “Sharklet” pela Airbus, caída ao chão e a asa danificada no local onde a mesma foi rompida.

Segundo a Airbus, os Sharklets são dispositivos de material composto que fornecem 4 metros a mais de envergadura ao A330neo, com um formato que melhora a eficiência aerodinâmica da asa.

Ainda segundo o porta-voz da TAP, outro avião foi enviado para dar sequência ao voo de retorno que partiria de Bissau, levando também até o local uma equipe de manutenção para avaliar e reparar o CS-TUJ.

Dados do RadarBox mostram que esta aeronave reserva está em voo no momento da publicação desta matéria, na manhã deste domingo, 2 de maio. Tendo partido de Lisboa por volta das 09h20 UTC, o voo TP-9252 tem previsão de pouso em Bissau às 13h30 UTC.

O A330neo reserva indo hoje até Bissau – Imagem: RadarBox

Caso a colisão tenha ficado restrita ao Sharklet, sem ter gerado cargas excessivas e danos à estrutura da asa propriamente dita, possivelmente o trabalho de manutenção envolverá apenas uma inspeção e a substituição do dispositivo por um novo, levando a um retorno breve do CS-TUJ às operações comerciais da TAP.

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias