Avião Airbus A310 da poderosa Força Aérea Alemã vai virar restaurante num zoológico

Foto de Juke Schweizer, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia

O clássico Airbus A310 de matrícula 10+23, recentemente desativado após 32 anos de serviço pela Força Aérea Alemã, terá um novo destino pouco usual: ele será convertido em um restaurante que será instalado em um zoológico nos arredores de Hannover, apurou nosso parceiro Aviacionline.

Essa é uma aeronave que antes de ingressar na Luftwaffe em 1991, operou nas cores da empresa aérea Interflug, da Alemanha Oriental, por dois anos, primeiro com o registro GDR-ABC, depois como D-AOAC. Sua assunção pela força aérea local, após a unificação da Alemanha, transformou o jato num modelo de transporte de tropas, carga e evacuação médica.

Ainda assim, a configuração interna, com assentos, foi parcialmente mantida, permitindo levar até 214 passageiros. No entanto, por conta de seu emprego, fileiras de assentos podiam ser rapidamente transformadas em camas hospitalares para suporte aeromédico. O alcance máximo da aeronave era de 11.000 quilômetros.

Veja abaixo uma homenagem à aeronave com jatos d’água. As imagens foram compartilhadas num canal da Luftwaffe.

O fim de uma longa carreira militar

A última missão operacional do 10+23 aconteceu durante a operação de evacuação aérea de Cabul, momento em que a Luftwaffe evacuou cerca de 5.000 pessoas, incluindo cidadãos aliados alemães e afegãos e suas famílias. O A310 foi usado para transportar refugiados afegãos do aeroporto de Tashkent (Uzbequistão) para a Alemanha.

O último voo desta aeronave foi do aeroporto de Colônia para Hannover, onde foi recebido com arcos de água. De agora em diante, espera-se que ela não vá mais decolar.

Em vez disso, o aeroTELEGRAPH informa que seu destino final é o Serengeti-Park Hodenhagen, localizado a 50 quilômetros do aeroporto de Hannover. Este percurso será feito por estrada, a uma velocidade de 5km/h (tão diferente dos 850 km/h nos quais voava). Para tanto, o avião será “desmembrado” em várias partes. As asas, cauda e trem de pouso são previamente separados da fuselagem.

Ao chegar ao zoológico, o Airbus A310 receberá uma nova pintura com tema de animais e um deck externo. A cozinha do restaurante será construída no que costumava ser o porão de carga.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias