Avião Antonov sai da pista durante um pouso forçado no Peru e pega fogo

Um avião da era soviética Antonov An-32, pertencente a uma empresa aérea de carga da colombiana saiu da pista no Peru durante um pouso forçado e acabou pegando fogo. Observe algumas imagens aéreas no vídeo abaixo (espere carregar).

Segundo o portal parceiro Aviacionline, o turboélice da AerCaribe saiu de Lima para Iquitos, onde fez o pouso forçado, tendo saído da pista e incendiado em seguida. Foram reportados quatro pessoas feridas, que foram transferidas para uma clínica local. As causas do acidente não foram reveladas ainda.

De matrícula OB-2120-P e número de série 1805, o turboélice foi entregue em 1989 para a Aerolíneas Nicaragüenses – Aeronica de Nicarágua. Desde então, tem voado exclusivamente na América Latina em diversas empresas pequenas, sendo maioria do seu tempo nas asas da AerCaribe.

O An-32 começou a ser produzido em 1982, quando a Ucrânia ainda era parte da União Soviética. Com o fim da cortina de ferro e a independência ucraniana, o turboélice que leva até 50 passageiros e é uma versão atualizada do An-26, com novos motores, continuou a ser fabricado até 2012. Com bom desempenho em pistas de terra e com uma grande rampa e porta traseira de carga, se torna uma ótima ferramenta na região andina.

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

Com 459 assentos, Airbus entrega o mais denso de todos os...

0
Apertado é o sentimento que alguns passageiros podem sentir no novo Airbus A330neo da Cebu Pacific, que é o mais denso já feito.