Avião ATR 42 que teve os 4 pneus estourados pousou com freios acionados

Acidente Penus ATR 42 TAROM Bucharest
Pneus estourados do ATR 42 da TAROM

Um relatório de investigação interna da companhia aérea romena TAROM, que veio a público na última quinta-feira, 12 de setembro, trouxe maiores detalhes sobre o incidente ocorrido com um de seus ATR 42.

Segundo informou o The Aviation Herald, de acordo com o relatório, todos os quatro pneus do trem de pouso principal estouraram e as quatro semi-rodas também foram todas danificadas em função de um erro de procedimento.

A aeronave pousou com seus freios do estacionamento aplicados, causando o estouro dos pneus.

Este tipo de freio da aeronave tem a mesma função do freio de mão dos automóveis. É um freio acionado manualmente para manter a aeronave parada no pátio, enquanto no pouso devem ser utilizados apenas os freios normais geralmente acionados com os pés através dos pedais de comando.

O incidente ocorreu no começo de julho deste ano, quando o ATR 42-500 de matrícula YR-ATF realizava o voo RO-638 de Satu Mare para Bucareste Otopeni (ambos na Romênia), com 22 passageiros e 4 tripulantes.

A aeronave pousou na pista 08L de Otopeni e, após o incidente, permaneceu sobre a pista pela incapacidade de continuar se movimentando.

Em 18 de julho de 2019, o Centro de Investigações e Análises de Segurança da Aviação Civil (CIAS) da Romênia informou que a ocorrência foi classificada como um incidente grave.

Veja abaixo um outro incidente ocorrido no mês passado com um ATR cujo piloto deixou a aeronave cair no barranco ao virar no fim da pista.

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é Editor-Chefe do AEROIN.