Avião ATR 72 pousa duro, danifica o trem principal, arremete e quebra no 2º pouso

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Um avião turboélice acabou bastante danificado em uma séria ocorrência na última segunda-feira, 16 de novembro, depois de um “hard landing” (pouso duro) seguido de uma arremetida.

Incidente ATR 72 Trujet Pouso Duro Quebra Trem
Imagem: AvHerald

Segundo reporta o The Aviation Herald, a aeronave envolvida no incidente foi o ATR 72-212A (72-600) registrado sob a matrícula VT-TMM, operado pela companhia aérea regional indiana Trujet, quando estava realizando o voo de número 2T-543 de Belgaum para Mysore, ambas na Índia.

O turboélice, voando com 47 passageiros e 5 tripulantes, aproximou-se da pista 27 de Mysore, que tem 1.740 metros de comprimento, às 19:54 do horário local (14:24Z), mas, durante a chegada a aeronave tocou o solo com muita força, o chamado pouso duro, e o piloto optou pela arremetida.

A tripulação não conseguiu recolher o trem de pouso após o incidente, e o sinal do transponder (equipamento que capta e transmite certos dados de voo) foi temporariamente perdido, sendo recuperado cerca de 15 minutos depois, no entanto, sem transmitir mais nenhuma informação de altitude.

FlightRadar24 ATR 72 Trujet Pouso Duro Quebra Trem
O ATR 72 chegando a Mysore – Imagem: FlightRadar24

Aeroporto Mysore Índia
O aeroporto onde ocorreu o pouso duro – Imagem: FlightRadar24 / Google Maps

O ATR 72 foi então desviado para Chennai, um aeroporto com pista muito mais longa e localizado cerca de 210 milhas náuticas (390 km) a leste de Mysore (quase a mesma distância do voo de Belgaum para Mysore, note Chennai à direita no mapa acima), voando a uma velocidade reduzida de no máximo 180 nós em relação ao solo.

A aeronave pousou na pista 07 de Chennai (comprimento 3.680 metros) às 21h09 locais (15h39Z), mas sofreu o colapso do trem de pouso direito, que provavelmente já estava bastante danificado pelo pouso duro.

Incidente ATR 72 Trujet Pouso Duro Quebra Trem
Imagem: AvHerald

Não há relatos de feridos, mas a aeronave sofreu danos substanciais e não pôde sair da pista. Os passageiros desembarcaram no local e foram levados de ônibus até o terminal, e a aeronave foi rebocada cerca de uma hora após o pouso.

O aeroporto de Chennai informou que a pista secundária foi colocada em operação, mas várias aeronaves tiveram que ser desviadas.

Dados meteorológicos (METAR) de Mysore mostram que nos horários próximos ao do incidente havia chuva leve e a visibilidade era de cerca de 4 km, mas os ventos, apesar de não muito intensos (no máximo 9 nós, ou 16,6 km/h), incidiam praticamente de cauda para quem pousava na pista 27:

– VOMY 161430Z 14008KT 4000 -RA FEW008 SCT012 OVC080 23/22 Q1015=
– VOMY 161400Z 08009KT 4000 -RA FEW008 SCT012 OVC080 23/22 Q1015=

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias