Avião Boeing 737-800 derrapa e vai parar fora da pista enquanto taxiava na Ucrânia

Um Boeing 737-800 da Ukraine International Airlines (UIA), com registro UR-PST, acabou saindo da pista de táxi e ficou com o nariz e lado direito do trem de pouso principal atolados na grama. Era para a aeronave realizar o voo doméstico PS34, de Lviv para Kiev, capital da Ucrânia, com 157 pessoas a bordo, mas isso não aconteceu.

Derrapa

Ainda não está totalmente claro o que levou os pilotos a desviarem o avião para fora do asfalto por volta das 7h da manhã deste sábado, 23 de novembro, horário local no Aeroporto Internacional Danylo Halytskyi, principalmente pelo fato de a pista ser bastante larga para um Boeing 737 como esse. Para solucionar o caso, uma investigação já foi iniciada.

Derrapagem

No entanto, segundo o aeroporto de Lviv informou, havia uma forte chuva no momento do incidente e que a temperatura era de -3 graus Celsius. Essa combinação faz com que qualquer precipitação líquida que atingisse o solo (ou seja, chuva “super-resfriada” ou “Frozen Rain”) congele imediatamente. Isso pode tornar as condições da pista muito traiçoeiras sem as devidas precauções, como uma frequente limpeza da camada de gelo.

Esses fatores teriam contribuído para que a aeronave derrapasse num trecho coberto por gelo, enquanto entrava na pista. Enquanto o processo de remoção não foi concluído, o aeroporto permaneceu fechado e as operações foram retomadas apenas 4 horas e 20 minutos depois.

Situação comum, mas que pode ser evitada

Temperaturas congelantes e intempéries são comuns em muitos aeroportos ao redor do mundo. Geralmente, pequenas quantidades de gelo não são um problema, mas condições severas podem atrapalhar as operações de um aeroporto.

Para que isso seja evitado, o aeroporto deve ter sistemas e processos para manter as pistas e pistas de táxi livres de gelo. É necessário limpar gelo regularmente para garantir que a aeronave possa manter o controle durante o táxi e o pouso. Como mostra o incidente de ontem, um simples deslizamento da pista pode causar muitas horas de interrupção.

Outro caso recente aconteceu nos Estados Unidos com um avião Embraer 145 e foi relatado na história abaixo:

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Aeroporto Brasília Vista Aérea

Aeroporto de Brasília terminou 2020 com fluxo de 8 milhões de...

0
O Aeroporto da capital federal, o 3º mais movimentado do país, também sofreu com as consequências da pandemia.