Início Acidentes e Incidentes Avião com jogadores de futebol cai no Tocantins

Avião com jogadores de futebol cai no Tocantins

Receba essa e outras notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Uma aeronave particular de pequeno porte, de matrícula PT-LYG e modelo Beech BE-55 caiu com o piloto, quatro jogadores e o presidente do Palmas Futebol Clube em Porto Nacional, no Tocantins. O acidente fatal ocorreu na manhã deste domingo (24).

Os jogadores estavam sendo levados a Goiânia, onde o clube jogaria uma partida contra o Vila Nova pela Copa Verde. O jogo está cancelado diante da fatalidade, que ocorreu logo após a decolagem. A queda aconteceu a poucos metros da pista, numa área de matagal.

A aeronave envolvida tem 38 anos de idade e está com a situação de aeronavegabilidade em dia. Ela está registrada em nome de Construtora Meirelles Mascarenhas Ltda., segundo informações do Registro Aeronáutico Brasileiro (RAB). O avião voava com sua capacidade máxima de cinco passageiros, mais o piloto.

O vídeo abaixo, disponível no YouTube e filmado de um local próximo, mostra o momento em que o avião ainda pegava fogo. O time tocantinense emitiu uma nota à imprensa:

“O Palmas Futebol e Regatas vem por meio desta informar que por volta das 8h15 da manhã deste domingo, 24, ocorreu um acidente aéreo envolvendo o presidente do clube Lucas Meira, quando decolava para Goiânia, para a partida entre Vila Nova x Palmas nesta segunda, 25, válida pela Copa Verde”.

O avião em que Lucas estava junto com o comandante Wagner e os atletas Lucas Praxedes, Guilherme Noé, Ranule e Marcus Molinari, decolou e caiu no final da pista da Associação Tocantinense de Aviação. Lamentamos informar que não há sobreviventes. Neste momento de dor e consternação, o clube pede orações pelos familiares aos quais prestará os devidos apoios, e ressalta que no momento oportuno voltará a se pronunciar“.

Segundo Adriano Trindade, consultor do Fenelon Advogados e ex-chefe da Assessoria Jurídica do CENIPA, “normalmente, os acidentes aéreos ocorrem por uma série de fatores. É muito cedo para dizer quais foram as causas desse acidente especificamente. Precisamos aguardar as investigações e o relatório final do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos. A conclusão da investigação normalmente leva alguns meses, porque envolve diversos fatores”.

Sair da versão mobile