Início Acidentes e Incidentes Avião da Aerosucre, que esteve no Brasil, sofre novo incidente na Colômbia

Avião da Aerosucre, que esteve no Brasil, sofre novo incidente na Colômbia

No dia 8 de maio de 2021, um avião Boeing 737-200 da empresa colombiana Aerosucre, o mesmo que esteve no Brasil em abril realizando um voo de fretamento especial, sofreu um incidente durante uma tentativa de decolagem em Bogotá.

Incidente

As informações do The Aviation Herald e as fotos publicadas na imprensa colombiana dão conta de que o cargueiro de matrícula HK-5026, que deveria realizar um voo doméstico entre Bogotá e Mitu, estava acelerando para decolagem da pista 13R, quando a tripulação rejeitou a decolagem devido a um problema com o trem de pouso do nariz.

A aeronave veio a parar já no final da pista, mas dentro da área de asfalto, e foi desligada pelos pilotos, tendo que ser removida com apoio das equipes de emergência do aeroporto. Enquanto o processo de remoção ocorria, a pista teve que ser fechada. Uma investigação foi aberta.

O jato envolvido no incidente tem 40,3 anos de idade e foi entregue originalmente à Lufthansa em 1981. Depois de 18 anos, foi passado adiante a novos operadores, até chegar à Aerosucre em novembro de 2013.

A eficácia da cultura de segurança da Aerosucre é vista com ceticismo por muitos analistas do setor aéreo, sobretudo após acidentes, incidentes e vídeos que emergiram nos últimos anos mostrando ações temerárias por parte de seus pilotos e equipes de solo. No entanto, não há nada, até agora, que ligue tais atitudes ao incidente da semana passada, enquanto que a companhia conserva suas autorizações de voo junto ao governo colombiano.

O mesmo jato HK-5026 esteve envolvido em outro incidente recente quando, por alguns segundos, esteve fora da pista durante um pouso desestabilizado em meio a ventos fortes em Bogotá.

Sair da versão mobile