Avião da Azul é virado por forte vento no Aeroporto de Ribeirão Preto

Cena do vídeo que você assiste abaixo nesta matéria

Há pouco mais de 15 dias, vimos um avião turboélice ATR-72 da Azul Linhas Aéreas ser movido por fortes ventos no Aeroporto de Maringá, no Paraná. Agora, neste domingo, 26 de setembro, a incrível cena se repetiu no interior de São Paulo.

O Aeroporto Estadual Dr. Leite Lopes, da cidade de Ribeirão Preto, no Norte do estado, sofreu a incidência de fortes ventos no meio da tarde de hoje, e mais uma vez um ATR-72 da companhia Azul foi registrado em vídeo no meio da situação.

Conforme informações meteorológicas (METAR) dos horários próximos à ocorrência, a região do aeroporto enfrentou chuva e trovoadas de intensidade elevada, e ventos de 30 nós (55 km/h) com rajadas chegando aos 50 nós (92 km/h).

Com a força das rajadas, objetos passam pela imagem sendo arrastados e o avião da Azul é visto sendo virado, mudando a direção de sua fuselagem no rumo do vento, como é comum acontecer devido à pressão que o vento exerce sobre o estabilizador vertical na cauda da aeronave:

Conforme dados da plataforma de rastreamento RadarBox, a aeronave vista na gravação acima, registrada por César Augusto Mineiro, é o ATR 72-600 registrado sob a matrícula PR-ATV, que havia chegado pouco antes das 15h00 no voo de número AD-4268 de Campinas (SP) para Ribeirão Preto. A tempestade de fortes ventos ocorreu aproximadamente entre 15h30 e 16h00, conforme as informações meteorológicas.

Apesar da situação, a aeronave não sofreu danos, já que partiu pouco depois no voo regular de retorno para Campinas, apenas com algum atraso por conta do mau tempo. A decolagem ocorreu por volta das 16h30, ao invés das 15h25 do horário padrão.

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Primeiro Airbus A320 cargueiro do mundo é flagrado em foto no...

0
O mercado de carga aérea está se aproximando de contar com mais uma alternativa de aeronave narrowbody cargueira, após a recente conclusão