Avião da Lufthansa tem nariz amassado em incidente de ‘bird strike’

Airbus A321neo da Lufthansa – Imagem ilustrativa: Vuxi / CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

Um incidente envolvendo colisão com ave (“bird strike”) ocorreu no último sábado, 23 de outubro, no final de um voo de passageiros da Lufthansa, deixando parte da aeronave danificada.

A ocorrência aconteceu com o Airbus A321neo registrado sob a matrícula D-AIEF, entregue à companhia alemã em dezembro de 2020. A aeronave estava realizando a rota entre Frankfurt, na Alemanha, e Heraklion, na Grécia.

De acordo com um tweet do nosso parceiro RadarBox, plataforma de rastreio de voos, durante a aproximação para pouso no Aeroporto Internacional Nikos Kazantzakis da cidade de destino o Airbus se chocou contra um pássaro.

Trajetória da aeronave entre a Alemanha e a Grécia – Imagem: RadarBox

Uma imagem do incidente mostra que a parte frontal da aeronave, onde se localiza o radome, ficou amassada com o impacto da ave.

Apesar do nariz amassado aparentar algo grave, o radome é apenas uma proteção de material não metálico, geralmente um compósito flexível, uma vez que abaixo dele existe o radar meteorológico da aeronave, que não pode ter seus pulsos eletromagnéticos bloqueados por estrutura metálica. É facilmente substituível.

Imagem: RadarBox, via Twitter

Apesar do dano, a aeronave pousou em segurança e sem mais intercorrências. Segundo o site Airlive, o A321 foi colocado em manutenção e o voo de volta a Frankfurt foi cancelado. No dia seguinte (24), o Airbus voltou normalmente às operações.

Leia mais:

Juliano Gianotto
Ativo no Plane Spotting e aficionado pelo mundo aeronáutico, com ênfase em aviação militar, atualmente trabalha no ramo de fotografia profissional.

Veja outras histórias