Avião A330 da TAP sendo preparado para resgatar portugueses presos no Brasil

Receba essa e outras notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Imagem CWB Spotter

Os governos do Brasil e de Portugal acordaram a realização de, a princípio, um voo da TAP na próxima semana para repatriar portugueses no Brasil ou estrangeiros residentes em Portugal, que tenham sido afetados pela suspensão dos voos. O voo com uma aeronave Airbus A330 acontecerá no dia 27 de fevereiro, anunciou o Ministério dos Negócios Estrangeiros português.

Para utilizar este voo, os passageiros serão contatados pela TAP que, sendo portugueses ou estrangeiros residentes em Portugal, tenham sido afetados pela suspensão dos voos e manifestem, junto do consulado português no Brasil, a necessidade de regresso imediato ao território nacional, por motivos humanitários.

De acordo com a legislação em vigor (Despacho 1689-C/2021, de 12 de fevereiro), os passageiros deste voo humanitário deverão apresentar comprovante de exame laboratorial RT-PCR para rastreio de SARS-CoV-2 com resultado negativo, realizado até 72 horas antes do momento do embarque, exceto para crianças que não tenham completado 24 meses de idade.

Deverão também isolar-se por um período de 14 dias em casa ou em local indicado pelas autoridades de saúde portuguesas, após a chegada a Lisboa.

Suspensão

A suspensão dos voos entre Brasil e Portugal foi prorrogada até o dia 1 de março pelo governo português devido ao crescimento da pandemia da Covid-19. Com isso, muitos brasileiros e portugueses estão com dificuldades para transitar entre os países, comenta a reportagem da Agência Brasil.

Anderson Caldas, brasileiro aposentado que hoje mora em Portugal, conta que conseguiu um voo para visitar os pais no Brasil agora em março, mas para isso vai ter que passar pela Espanha. E quando chegar aqui, decidiu que vai ficar em isolamento por 14 dias antes de se encontrar com os familiares.

Anderson disse ainda que a passagem dele de volta para Portugal está marcada para 29 de março. Caso a fronteira ainda não esteja aberta até lá, ele vai ter que fazer o mesmo caminho da vinda: comprar uma passagem para outro país europeu, além de fazer uma quarentena obrigatória ao ingressar em Portugal.

O embaixador de Portugal no Brasil, Luís Faro Ramos, em entrevista à Agência RTP, afirma que está levantando os pedidos de portugueses que estão retidos no Brasil e que querem regressar a Portugal.

No momento, só estão permitidos voos de repatriação de cidadãos portugueses ou de residentes no país, que devem apresentar teste PCR negativo para a Covid, que tenha sido realizado 72 horas antes do embarque. Esses passageiros devem cumprir, obrigatoriamente, quarentena de 14 dias em Portugal.

Seguindo às instruções do Ministério das Relações Exteriores, os Consulados-Gerais do Brasil em Porto, Lisboa e Faro, em Portugal, informaram que não estão previstos voos de repatriação ao país e recomendam aos que precisarem retornar ao Brasil que busquem, junto às companhias aéreas, conexões possíveis para o regresso.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Após apoiar eleição de Biden, Comandante Sully é indicado para a...

0
O comandante de avião mais famoso do mundo, Sully Sullenberger, foi indicado por Joe Biden hoje como embaixador dos EUA na ICAO.