Avião de passageiros fica com um grande rasgo após ser atingido por rebocador

Mais um incidente ocorreu com a Ryanair na última noite, quando um Boeing 737 da companhia foi atingido pelo rebocador que empurrava a aeronave, causando um grande e visível dano.

O jato envolvido no incidente é um 737-800 e o local foi o Aeroporto de Stansted, na Grande Londres, uma das bases de operações e manutenções da Ryanair.

O incidente ocorreu quando a aeronave era empurrada pelo rebocador, o chamado pushback tug. Por algum motivo ainda não eslarecido, o trator perdeu controle, torceu o trem de pouso da aeronave e avançou na direção da grande máquina. O veículo, que é de propriedade da própria Ryanair, atingiu a fuselagem embaixo das primeiras janelas.

Fotos da manhã deste sábado (23) mostram a dimensão do dano, com um grande rasgo na fuselagem do 737.

Já um vídeo gravado de outra aeronave que passava próxima, mostra a aeronave sendo içada por dois guindastes, ainda com o rebocador embaixo dela:

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

Boeing 737 MAX ganha a luz verde dos coreanos

0
O Boeing 737 MAX foi recertificado na semana passada na Coreia do Sul, fazendo com que a China seja agora último grande mercado da aviação