Avião dos bombeiros tem pane e faz pouso de emergência em fazenda em Vilhena (RO)

Imagem: reprodução Rota Policial News, via YouTube, conforme vídeo abaixo

Um avião pertencente ao Corpo de Bombeiros Militar de Rondônia (CBM-RO) terminou danificado após um pouso emergencial na quarta-feira, 29 de setembro, na área rural do município de Vilhena (RO), a cerca de 40 km da área urbana.

Conforme relata o portal Rota Policial News, a aeronave do Grupo de Operações Aéreas (GOA) dos Bombeiros havia decolado da capital do estado, Porto Velho, e voaria até Formosa, em Goiás, onde seria realizada manutenção.

Entretanto, após pane apresentada em voo, o pouso de emergência precisou ser executado em uma estrada de terra de uma plantação de soja diante da impossibilidade de manter a aeronave no ar até o Aeroporto Brigadeiro Camarão Vilhena.

Conforme as imagens vistas no vídeo acima, o avião sofreu danos após colapso do trem de pouso principal esquerdo, porém, segundo o portal, o piloto e o copiloto do GOA saíram ilesos.

Conforme a matrícula PT-LMU da aeronave, dados do Registro Aeronáutico Brasileiro (RAB) indicam se tratar de um Beechcarft Baron 58 fabricado em 1982. O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA) investigará o incidente.

Imagem: GOA – CBM/RO

O Grupo de Operações Aéreas do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Rondônia, sediado em Porto Velho – RO, dispõe de uma frota de aeronaves de pronto emprego para o atendimento de todo o território do estado e todas as regiões do Brasil.

Além deste Baron, conta ainda com o Cessna 210 de matrícula PT-DPH, com o Cessna C208B Grand Caravan de matrícula PR-PML que é visto voando no vídeo e com o helicóptero Helibras HB-350B Esquilo de matrícula PT-HMW.

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Confirmado que o A321neo entrou em estol no grave incidente de...

0
Os investigadores da agência russa Rosaviatsia apresentaram mais detalhes em seu primeiro informativo de segurança relacionado ao incidente.