Avião híbrido-elétrico de pouso e decolagem ultra-curtos conquista seu 1º cliente

Imagem: Electra Aero

A Bristow Group, fornecedora de soluções de voo vertical para organizações governamentais e civis, e a Electra Aero, desenvolvedora de soluções de tecnologia de aviação limpa e eficiente, assinaram, no último dia 26 de agosto, um Memorando de Entendimento (MOU) para um Acordo de Desenvolvimento Conjunto (JDA) e Acordo de Compra sob o qual as duas empresas irão cooperar no desenvolvimento técnico e certificação, bem como marketing e operações futuras, das aeronaves Electra híbridas-elétricas de decolagem e pouso curtos (eSTOL), com aquisição esperada de 50 unidades.

As duas empresas irão colaborar no desenvolvimento de uma gama completa de recursos operacionais e de segurança para garantir que a configuração final, especificações e recursos de design da nova aeronave eSTOL atendam ao cliente, bem como aos requisitos de cronograma e certificação FAA, EASA e Transport Canada.

As empresas também explorarão novos mercados para as operações da Bristow utilizando a aeronave Electra eSTOL, com foco na logística de “milha intermediária” para distribuição no varejo, expandindo o serviço da Bristow para sua base de clientes existente e serviços especializados para passageiros.

Hoje, a Bristow opera uma frota de aproximadamente 240 das aeronaves mais modernas do setor para uso em transporte aéreo, incluindo clientes de petróleo e gás, busca e salvamento (SAR) e organizações governamentais e civis, com receitas anuais de mais de US$ 1,2 bilhão.

“Assim como Bristow foi pioneira no mercado de transporte vertical há mais de 70 anos, este MOU define o cenário para a colaboração e desenvolvimento inicial entre Bristow e Electra para uma nova classe de aeronaves que nos permitirá tirar proveito dos recursos exclusivos de elétricos e híbridos, além de tecnologias de geração de energia para reduzir substancialmente as emissões de carbono e os custos operacionais”, disse o presidente e CEO da Bristow, Chris Bradshaw.

Isso nos permitirá expandir nossa experiência no fornecimento de soluções sustentáveis, inovadoras e eficientes de elevação vertical e transporte aéreo para novos mercados finais em potencial, como a movimentação regional de cargas e passageiros urgentes”, complementou o CEO.

Imagem: Electra Aero

“A profunda experiência de Bristow operando aeronaves em uma variedade de missões é um excelente complemento para a vasta experiência da equipe da Electra no projeto e construção de aeronaves inovadoras. Esta colaboração levará a uma aeronave mais rigorosa, capaz de atender às necessidades dos operadores em uma variedade de casos de uso e ajudará a Electra a desenvolver e certificar uma aeronave eSTOL no menor período de tempo possível”, disse John S. Langford, Fundador e Diretor Presidente da Electra Aero.

“Como nosso principal cliente operacional de lançamento, a Bristow se beneficiará do acesso antecipado à aeronave da Electra, que entregará mais do que o dobro da carga útil, voará em distâncias mais longas e terá custos operacionais substancialmente mais baixos do que as alternativas de decolagem vertical – com muito menos risco de certificação”, finalizou John.

A aeronave

As aeronaves eSTOL da Electra podem operar em pistas de até 30 x 90 metros usando uma tecnologia patenteada de sopro de elevação, em que oito motores fornecem sustentação adicional para a asa e energia elétrica híbrida que fornece recursos de recarga interna para baterias de aeronaves, eliminando a necessidade de nova infraestrutura terrestre.

A aeronave mais silenciosa e ecologicamente correta está sendo projetada para transportar até cerca de 800 quilos de carga ou levar a bordo 5 ou 7 passageiros por cerca de 640 a 800 quilômetros. As aeronaves da Electra podem operar em uma variedade de ambientes, desde áreas urbanas movimentadas até pistas de pouso remotas e missões de voo que vão desde voos internos sob demanda a missões médicas, transporte de carga, serviço regular de passageiros e muito mais.

Informações da Electra Aero

Leia mais:

Juliano Gianotto
Ativo no Plane Spotting e aficionado pelo mundo aeronáutico, com ênfase em aviação militar, atualmente trabalha no ramo de fotografia profissional.

Veja outras histórias

Avião Boeing 787-9 Dreamliner Air France

Air France volta a voar entre Paris e Fortaleza nesta sexta-feira

0
O primeiro pouso programado no fim da tarde marca mais uma etapa da recuperação das operações da Air France no Brasil.