Avião Jumbo ‘das baleias’ é visto em belo vídeo feito da Torre do aeroporto de Curitiba

Receba essa e outras notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

A saída do pátio, o taxiamento e a decolagem do Boeing 747, que ostenta uma pintura especial em sua fuselagem, foram registrados em belo vídeo a partir da Torre de Controle do Aeroporto Internacional de Curitiba / Afonso Pena, em São José dos Pinhais.

Depois de termos visto, no início de março, um interessante vídeo do Boeing 747-400F de matrícula LX-ECV, da companhia aérea europeia Cargolux, operando no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), agora foi a vez de nosso canal parceiro Plane Spotter HD Curitiba divulgar uma visita do grande Jumbo cargueiro de pintura especial.

Conforme o vídeo que você assistiu acima, a aeronave foi registrada a partir da Torre de Controle do Afonso Pena, permitindo uma visão diferenciada de todos os detalhes da pintura das belugas Little Grey e Little White.

Apenas para relembrar, como vimos na matéria anterior, o Jumbo ganhou a pintura especial em 2019, quando as duas belugas estampadas na fuselagem fizeram uma grande jornada aérea ao voarem da China até a Islândia, para sua nova casa em um santuário de baleias em Klettsvik Bay, na ilha de Heimaey, na costa sul da Islândia.

A decolagem do 747, em cena do vídeo que você viu acima

Apesar de as imagens terem sido publicadas na última quarta-feira, 31 de março, o LX-ECV não opera em São José dos Pinhais/Curitiba já há alguns meses, portanto, o vídeo é de uma vinda ao Brasil anterior às últimas passagens por Viracopos.

Caso você queira rever também a gravação da decolagem no aeroporto campineiro, ou saber mais sobre a missão especial de transporte das belugas, pode acessar clicando nos títulos a seguir:

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias