Avião MC-21 com motores russos retoma os testes em voo após receber nova pintura

MC-21-310 após nova pintura, em cena do vídeo que você verá logo abaixo.

A nova aeronave russa MC-21, fabricado pelas empresas Rostec, retornou aos seus testes em voo no último dia 7 de julho, no Aeroporto Internacional de Zhukovsky, após receber uma nova pintura pela empresa Spektr-Avia em Ulyanovsk. Embora a aeronave já viesse num roteiro de testes, a pausa para “colocar a roupa” tem um objetivo especial, já o avião será apresentado durante o Moscow Air Show nesse mês.

O jato comercial de médio porte em questão é o MC-21-310, o primeiro protótipo equipado com motores turbofan Aviadvigatel PD-14 de fabricação russa. Ele fez seu primeiro voo em dezembro do ano passado. O que o diferente dos demais protótipos é que os outros são movidos por motores Pratt & Whitney PW1000G.

Veja o vídeo abaixo do processo de pintura do MC-21-310:

Podendo concorrer com os jatos do porte das famílias Boeing 737 e Airbus A320, o MC-21 padrão tem capacidade para 132–163 passageiros em uma configuração de duas classes e 165–211 em uma única classe. Seu alcance é de até 6.400 km. Até o momento, são cerca de 200 pedidos firmes e quase 150 intenções de compra.

Segundo previsões, a fabricante espera obter o certificado de homologação russo em meados de 2021 e o europeu um ano depois. Se isso funcionar, a fabricante poderá entregar o primeiro MC-21 no final de 2022.

Leia mais:

Juliano Gianotto
Ativo no Plane Spotting e aficionado pelo mundo aeronáutico, com ênfase em aviação militar, atualmente trabalha no ramo de fotografia profissional.

Veja outras histórias