Avião que levou a taça da Copa, último MD-83 da Europa faz seu voo final – veja como foi

DAT
MD-83 que realizou o último voo – Imagem: Transport Pixels, CC BY 2.0, via Wikimedia Commons

A companhia aérea Danish Air Transport, mais conhecida como DAT, aposentou sua última aeronave McDonnell Douglas MD-83, sendo também a última do modelo a voar na Europa, em um voo especial que ocorreu no último sábado, dia 16 de outubro.

Como você acompanhou aqui no AEROIN em setembro, a companhia havia anunciado o evento que promoveria a despedida final da clássica aeronave batizada de ‘Mad Dog’. Na ocasião, foi anunciado que o voo seria pilotado pelo CEO da companhia aérea, Jesper Rungholm, em uma viagem surpresa.

O voo DX1 da companhia aérea dinamarquesa foi realizado pelo derradeiro MD-83, que é registrado sob a matrícula OY-RUE. Ele decolou do Aeroporto de Copenhagen, na Dinamarca, às 12h12 UTC e retornou ao mesmo aeroporto depois de pouco mais de uma hora e vinte do voo.

Algo bastante interessante e que também fez parte da surpresa para quem estava no voo, além de todos os entusiastas e curiosos que estava acompanhando a aeronave nas plataformas de rastreio de voo, foi o desenho que o MD-83 fez durante sua trajetória.

Como você pode ver nos dados abaixo, registrados pelo FlightRadar24, a aeronave, durante seu voo, desenhou as letras ‘MD’, iniciais do nome McDonnell Douglas, fabricante do avião, que também fazem parte da designação do modelo do jato.

Imagem: FlightRadar24

Nos vídeos abaixo, você verá algumas cenas do último dia de operação com passageiros e da passagem baixa sobre o aeroporto antes do pouso, filmada por uma das pessoas a bordo da aeronave.

O avião OY-RUE, em particular, tornou-se uma aeronave muito popular entre os entusiastas da aviação em todo o mundo quando foi fretado pela Coca-Cola e FIFA para levar a taça da Copa do Mundo de 2014, ostentando desenhos comemorativos. Até hoje, o jato usa as cores básicas daquele evento, embora as logomarcas já tenham sido retiradas há um tempo.

Esse avião tem 30 anos de história, tendo sido originalmente entregue à empresa britânica Airtours International Airways em novembro de 1990. Ao longo dos anos, voou pela Sunways da Turquia, AOM French Airlines, Spanair e Medallion, antes de ser entregue à DAT em janeiro de 2010.

De acordo com dados do FlightRadar24, no último domingo, dia 17 de outubro, a aeronave voou de Copenhagen para Hurghada, no Egito, porém sem passageiros. Ainda não há informações se o clássico avião será desmontado ou vendido.

A título de curiosidade, houve outra despedida dessa natureza no mesmo final de semana. No domingo, a Lufthansa Cargo retirou de serviço seu último MD-11, sendo também a última aeronave do tipo registrada na Europa. Na ocasião, o trijato que tinha uma homenagem em sua fuselagem foi recebido no aeroporto com batismo e ganhou um vídeo com um tributo de despedida. Relembre clicando no título abaixo:

Juliano Gianotto
Ativo no Plane Spotting e aficionado pelo mundo aeronáutico, com ênfase em aviação militar, atualmente trabalha no ramo de fotografia profissional.

Veja outras histórias