Avião russo “ex-KGB” utiliza toda a pista ao decolar de Belém

O Tupolev da FSB, órgão que sucedeu a soviética KGB, chamou a atenção na passagem pelo Brasil, e não foi só pelo mistério em torno dele.