Aviastar Mandiri assina intenção de compra do novo turboélice N219

A Aviastar Mandiri assinou um Memorando de Entendimento (MOU) com a Dirgantara Indonesia para vinte aeronaves N219, que devem ser usadas para voos para áreas isoladas remotas.

Avião Turboélice PT Dirgantara Indonesia N219

O novo turboélice N219

Um comunicado sobre o acordo revela que o mesmo foi assinado nos bastidores da Expo 2018 da Indonésia, em Surabaya, na semana passada.

A companhia aérea Aviastar Mandiri opera três DHC-6-300 e três BAe 146-200 em voos regulares de passageiros em Sumatra, Kalimantan, Sulawesi, Nusa Tenggara e Papua.

O N219 é um turboélice de 19 lugares impulsionado por motores PT6A-42, e está atualmente passando por testes finais de certificação antes da entrada em serviço nos próximos 24 meses.

O bimotor é uma aeronave utilitária sendo desenvolvida pela PT Dirgantara Indonesia (PTDI) e pela Agência Nacional de Aeronáutica e Espaço (LAPAN) daquele país para atender aos requisitos de defesa e civis.




A aeronave multiuso pode ser empregada para transporte de passageiros, tropas e cargas, evacuação médica (MEDEVAC), busca e resgate (SAR), missões de vigilância e patrulha.

Seu primeiro voo ocorreu em agosto deste ano, no Aeroporto Internacional Husein Sastranegara, em Bandung, na Indonésia.

 
Informações pelo ch-aviation e pela Air Force Technology.
 

Voamos o versátil bi-motor canadense Twin Otter.

Emir do Catar visita Paraguai com Boeing 747-8i e Airbus A319


 

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é Editor-Chefe do AEROIN.