Aviões de caça Embraer Super Tucano serão apresentados oficialmente hoje na Nigéria

Foto por Deremer Studios, LLC / Sierra Nevada

Está agendada para esta terça-feira, 31 de agosto, uma cerimônia que marcará a indução dos caças A-29 Super Tucano na Força Aérea da Nigéria. Os primeiros seis dos doze aviões encomendados chegaram ao país africano em 22 de julho.

Segundo o site nigeriano This Day, o presidente Muhammadu Buhari preside a cerimônia de estreia das aeronaves no Aeroporto Internacional Nnamdi Azikiwe, Abuja. Como parte da agenda do evento, estão previstos sobrevoos de alguns dos A-29 Super Tucano.

O segundo lote dos seis A-29 Super Tucanos restantes é esperado na Nigéria antes do final de 2021

Emprego

Os turboélices armados vão realizar ataques contra o grupo terrorista Boko Haram e seus parceiros do Estado Islâmico, na província da África Ocidental, e contra criminosos nas regiões norte e noroeste do país.

O contrato de US$ 462 milhões assinado em 2018 inclui 12 caças A-29 Super Tucano, fabricados nos Estados Unidos pela empresa Sierra Nevada sob licença da Embraer. Esse pagamento cobriu a integração de sistemas de observação infravermelho (FLIR) e laser visando seis aeronaves.

Um pacote de armamento também foi previsto para equipar os aviões, que inclui bombas guiadas por laser Paveway II, foguetes guiados por laser, bombas não guiadas e foguetes e munição de 12,7 mm para as duas metralhadoras Browning que cada aeronave possui.

O A-29 Super Tucano é uma aeronave turboélice durável, versátil e potente, capaz de realizar uma ampla gama de missões, mesmo operando em pistas desafiadoras. Até o momento, o Super Tucano foi selecionado por 15 forças aéreas de todo o mundo.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias