Aviões russos da Cubana voltarão a cruzar a América do Sul e o Brasil ainda esse mês

Foto de Pedro Aragão, CC BY-SA 3.0 GFDL, via Wikimedia

De acordo com o observado em seu sistema de reservas, pela equipe do nosso parceiro Aviacionline, a Cubana de Aviación planeja retomar seus voos para Buenos Aires a partir de 30 de maio. A empresa espera ter um voo a cada 15 dias de e para Havana no jato russo Ilyushin Il-96-300, configurado com 262 assentos em duas classes.

A Cubana de Aviación chegou a ensaiar uma volta dos voos à capital argentina, após uma parada de cinco anos em meio ao governo Macri, mas os suspendeu logo após iniciar, em janeiro passado, devido às restrições de fronteira e à baixa demanda em meio à pandemia. Depois, programou um novo início para março, mas novas restrições suspenderam esse cronograma.

Os voos da empresa de e para Buenos Aires continuarão com os mesmos horários e aeronaves utilizadas no passado. No momento a frequência das operações será reduzida, devido ao Coronavírus. Os voos sairão de Havana a cada dois domingos, enquanto as partidas de Buenos Aires serão às segundas-feiras.

Todo esse cronograma está sujeito a alterações, que podem ocorrer nos próximos dias, pois dependerá principalmente das restrições de viagens impostas pelos governos, da situação da COVID e da demanda.

Entre dezembro e janeiro, a Cubana operou a rota Havana – Buenos Aires – Cayo Coco – Havana. No momento, a empresa só fará voos de e para a capital cubana. Com isso, Havana será o único destino caribenho de e para Buenos Aires a partir de 30 de maio. Como resultado da pandemia, as operações da Aerolineas Argentinas para Punta Cana estão suspensas até, pelo menos, setembro.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Aterrissa em solo brasileiro o terceiro Boeing 737 MAX que um...

0
No final da tarde da quarta-feira (20), aterrissou no aeroporto internacional de Confins, na Região Metropolitana de BH, o Boeing 737 MAX 8