Início Empresas Aéreas AZUL adiciona mais um destino na China; voos inéditos começam nessa semana

AZUL adiciona mais um destino na China; voos inéditos começam nessa semana

Receba as notícias em seu celular, acesse o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Como antecipamos aqui com exclusividade, a Azul Linhas Aéreas realizará operações pontuais para a China, como parte dos esforços brasileiros no combate à Covid-19. Nesse artigo, trazemos uma novidade em primeira mão, que é a inclusão de um terceiro destino na operação.

Segundo dados da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), a Azul Linhas Aéreas Brasileiras adicionou mais um voo para a China com destino a Hangzhou. Essa operação se junta às outras duas, agendadas desde a semana passada, que terão como destinos Pequim e Guangzhou.

Confira os horários das operações inéditas da Azul na China conforme consta na ANAC. Todos eles operados com aeronaves airbus A330-900neo.

Voo 1 – Destino a Guangzhou

  • Em 20 de maio, o voo AD9752 decola de Campinas às 15h rumo à Amsterdã e depois Guangzhou. Após os embarques, retorna da China para a Holanda e depois Viracopos, onde pousa às 15h do dia 24, como AD9573.
    • Nota: esse voo foi reprogramado para sábado (23) e será atualizado na ANAC.

Voo 2 – Destino a Pequim

  • Em 21 de maio, também às 15h, decola de Viracopos o voo AD9750 com destino à Amsterdã e depois Pequim. O retorno à Viracopos acontece em 25 de maio, às 15h, como AD9751.

Voo 3 – Destino a Hangzhou

  • Em 26 de maio, às 5h30 da manhã, decola de Campinas o voo AD9750 para a mesma escala técnica na Holanda antes de seguir, na noite do dia seguinte, para Hangzhou, onde chegará na madrugada do dia 28. O retorno a Campinas acontece na manhã do dia 29, como AD9751.

Primeira vez

A informação foi divulgada pelos executivos da empresa na semana retrasada, em transmissão ao vivo, junto com atualizações sobre a situação da companhia e o plano de recuperação para quando a situação se acalmar.

Segundo John Rodgerson, CEO da Azul, a empresa irá operar esses voos especiais a fim de buscar equipamentos médicos, como testes para a Covid-19. Antes, havia a informação de que os voos voltariam com passageiros e carga na cabine principal, no entanto novas informações dão conta de que haverá apenas o transporte de suprimentos médicos usando o porão e o deck principal.

Será a primeira vez da companhia na Ásia, que já voa regularmente para a América do Norte e Europa.

** Atualização de 19 de maio, às 16h00: recebemos informações de fontes próximas da operação de que os voos podem ser reprogramados para quinta, sexta-feira e sábado, mas eles acontecerão. Os dados da ANAC serão atualizados e, assim que o forem, vamos ajustar no post.

Receba as notícias em seu celular, acesse o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.