Azul anuncia novos voos internacionais em Recife

Principal centro de conexões da Azul no Nordeste do país, o Recife terá novos voos internacionais já a partir de fevereiro, anunciou hoje a companhia aérea.

Avião Airbus A320neo Azul
Airbus A320neo da Azul

Com a Azul, os Clientes da capital pernambucana e de toda a região nordestina poderão voar para Buenos Aires, na Argentina. Serão quatro frequências semanais, com previsão de início já no próximo dia 21 de fevereiro, que vão ser operadas pelas aeronaves modelo Airbus A320neo, com capacidade para até 174 Clientes (Ainda pendentes de aprovação pelos órgãos reguladores da Argentina).

Em 04 de julho, companhia aérea começa a ligar o Recife à Montevidéu, no Uruguai. O voo será operado aos sábados, também com as aeronaves A320neo.

O início da venda de passagens para as novas rotas acontecerá após a homologação pelas autoridades argentinas.

Com a abertura dos novos mercados, Recife, que hoje é a capital aérea do Nordeste com a maior oferta de voos diretos para destinos domésticos, passará a ter ligações sem escalas para 36 cidades, sendo quatro delas internacionais: Orlando e Fort Lauderdale, nos Estados Unidos, Buenos Aires, na Argentina, e Montevidéu, no Uruguai.

Salvador, Fortaleza, Fernando de Noronha, Natal, João Pessoa, Aracati, Mossoró, Aracaju, Campina Grande e Juazeiro do Norte, cidades atendidas pela Azul com voos diretos para a capital pernambucana, terão conexões convenientes para os novos voos Recife-Buenos Aires e Recife-Montevidéu.

A seguir, você pode conferir a malha prevista dos novos mercados internacionais da Azul:

Recife – Buenos Aires

  • Às segundas, quartas, sextas e domingos
  • Decolagem às 23:40
  • Pouso às 04:50

Buenos Aires – Recife

  • Às segundas, terças, quintas e sábados
  • Decolagem às 05:50
  • Pouso às 10:35

Recife – Montevidéu

  • Aos sábados
  • Decolagem às 23:40
  • Pouso às 04:25

Montevidéu – Recife

  • Aos domingos
  • Decolagem às 06:00
  • Pouso às 10:20

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é Editor-Chefe do AEROIN.