Azul aproveita reabertura de Congonhas e põe mais voos para Rio, BH e Recife

Após a finalização da obra de recuperação do pavimento asfáltico na pista principal de Congonhas, a Azul retoma as operações regulares no aeroporto com as aeronaves modelo Embraer 195 E1 e A320neo. Eleita a melhor companhia aérea do mundo pelo Tripadvisor no ranking de 2020, a Azul terá oito voos diários no terminal paulista, sendo quatro operações por dia para o Rio de Janeiro, três para Belo Horizonte e uma para o Recife.

Seguindo todas as medidas de higiene e segurança adotadas desde o início da pandemia, as novas operações já têm passagens à venda nos canais oficiais da empresa. Para o Rio e BH, a empresa vai operar com o E195 E1, com capacidade para até 118 Clientes. Já a rota para o Recife, segundo principal centro de conexões da Azul no Brasil, será operada com o A320, com capacidade para até 174 Clientes, retomando suas operações com jatos
comerciais no terminal paulista.

Mesmo durante as obras na pista principal, a Azul não deixou de operar em
Congonhas e manteve 14 voos diários, na pista auxiliar do aeroporto, para Rio
de Janeiro, Belo Horizonte e Curitiba. Os voos com as aeronaves turboélice ATR
72-600, com capacidade para até 70 Clientes, permitiram a Azul continuar
atendendo a necessidade de deslocamento dos Clientes da principal capital do
país.

Assim fica a malha:

Informações da Azul

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Mostarda vira fonte para fazer combustível de aviação que reduz emissões...

0
A espécie de mostarda se chama Brassica carinata, uma cultura de sementes oleaginosas não comestíveis. Saiba os detalhes.