AZUL conclui amanhã a compra da Twoflex

Receba as notícias em seu celular, acesse o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Essa semana continua recheada de novidades, algumas boas, outras ruins, que refletem uma enorme volatilidade da economia mundial e, especialmente, do setor aéreo. Conforme informações de pessoas próximas da empresa, amanhã deverá ser anunciada outra novidade: a conclusão da compra da Twoflex pela Azul.

Avião Cessna C208 Caravan Cargomaster Two Flex

Quando a Azul anunciou o negócio, em janeiro de 2020, poucos imaginavam que a Covid-19 se tornaria uma pandemia e teria um efeito devastador no setor aéreo. Na época, John Rodgerson, CEO da Azul, dizia que “as aeronaves Cessna Caravan da TwoFlex seriam a maneira mais adequada para alcançar cidades e comunidades menores”, onde a terceira maior empresa aérea do Brasil não operava, apesar dos seus 114 destinos no país.

Os quatorze slots em Congonhas e a divisão de carga aérea da pequena regional também eram atrativos, mas um dos maiores ganhos estava na retirada da Gol de operações regionais, uma vez que, naquele momento, a Two vinha fechando com ela uma série de contratos para operar no interior de estados como o Rio Grande do Sul e Paraná usando os versáteis Cessna.

Com estratégia, a Azul registrou uma oferta vinculante para a aqusição da TwoFlex, no montante de R$ 123 milhões, e fechou o negócio.

Agora, quatro meses depois, o cenário é completamente diferente e a Twoflex torna-se, mais do que antes, estratégica como indutora de passageiros do interior para alimentar as rotas da Azul num momento em que a demanda secou e demorará a retornar.

Além disso, a tendência é que as empresas voltem com operações muito reduzidas nos próximos meses, de modo que a operação em aeroportos centrais, como Congonhas, é crucial e, portanto, os slots da Two farão ainda mais diferença na vida da Azul.

Mais sobre a Twoflex

Ao longo dos anos, a empresa construiu uma sólida base na aviação regional, conectando cidades menores a grandes capitais em todo o país, operando voos de passageiros regulares por si ou sob contratos, além de fretamentos e voos cargueiros.

Antes da pandemia, a TwoFlex oferecia serviço regular de passageiros e cargas para 39 destinos no Brasil, dos quais apenas três cidades regionais são atendidas concomitantemente pela Azul. Além disso, a companhia também conta com 14 horários diários de partidas e chegadas na pista auxiliar de Congonhas, o principal terminal doméstico do país.

Sua frota é composta por 18 aeronaves Cessna C208 Caravan próprias, um flexível turboélice regional monomotor com capacidade para nove passageiros.

Receba as notícias em seu celular, acesse o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias