Azul estreia voo ligando Belo Horizonte a Guanambi

A partir desta segunda-feira, dia 20 de setembro, o Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, passa a se conectar com mais um destino baiano: Guanambi. Operado pela Azul Linhas Aéreas, serão oferecidas quatro frequências semanais, às segundas, quartas e sextas-feiras e aos domingos. Os voos partem da capital mineira às 13h e as chegadas ocorrem às 17h25. Vale ressaltar que este será o primeiro voo comercial do Aeroporto de Guanambi. 

“Estamos sempre em busca de ampliar a conectividade de Minas Gerais com os demais estados brasileiros e muito satisfeitos em oferecer um destino regular inédito no nosso aeroporto. O município de Guanambi está localizado no centro-sul da Bahia, uma região bastante conhecida por concentrar o maior complexo de geração de energia eólica da América Latina. Passaremos a atender a um mercado de alta demanda, que tinha anseios por esse voo”, destaca Clayton Begido, gestor de Conectividade e Aviação da BH Airport. 

Atualmente, o aeroporto está conectado a 41 destinos regulares e extras – que atenderam o feriado da Independência. São eles: Aracaju (SE), Belém (PA), Porto Seguro (BA), Barreiras (BA), Brasília (DF), Cabo Frio (RJ), Cuiabá (MT), Congonhas (SP), Carajás (PA), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Fortaleza (CE), Foz do Iguaçu (PR), Galeão (RJ), Guanambi (BA), Guarulhos (SP), Governador Valadares (MG), Goiânia (GO), Ilhéus (BA), Jericoacoara (CE), João Pessoa (PB), Marabá (PA), Maceió (AL), Montes Claros (MG), Natal (RN), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Ribeirão preto (SP), Santos Dumont (RJ), São José do Rio Preto (SP), São Luís (MA), Salvador (BA), Teixeira de Freitas (BA), Uberaba (MG), Uberlândia (MG), Comandatuba (BA), Campinas (SP), Vitória da Conquista (BA), Vitoria (VIX), e os internacionais Lisboa (Portugal) e Cidade do Panamá.  

SOBRE a BH Airport: é a concessionária do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, é uma Sociedade de Propósito Específico (SPE) formada pelo Grupo CCR, uma das maiores companhias de concessão de infraestrutura da América Latina, e por Zurich Airport, operador do Aeroporto de Zurich, o principal hub aéreo da Suíça e considerado um dos melhores aeroportos do mundo, além da Infraero, estatal com experiência de mais de 40 anos na gestão de aeroportos no Brasil, que tem 49% de participação.    

Informações da Azul

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Boeing 767 faz curioso voo “sem curvas” de Guarulhos até Campinas

0
A situação bastante curiosa aconteceu neste final de semana, com um voo entre o Aeroporto Internacional de Guarulhos e o de Viracopos.