Azul irá receber Embraer E195-E2 em setembro

Em conferência com investidores e imprensa sobre os resultados da Azul no primeiro trimestre deste ano, o fundador da companhia David Neeleman falou sobre a chegada do novo jato E195-E2 na empresa.

Perspectiva artística do futuro E195-E2 da Azul

David destacou que a empresa espera encerrar o ano com seis aviões E195-E2 na frota. A nova geração de aviões da Embraer é mais econômica e pode levar mais passageiros quando comparado ao E195-E1 atualmente operado pela Azul.

Destaques Financeiros e Operacionais do 1T19

  • O resultado operacional da Azul foi de R$335,6 milhões no 1T19, com margem de 13,2%, mesmo com a desvalorização de 16,3% do real e a reoneração da folha de pagamento.
  • O lucro líquido totalizou R$137,7 milhões comparado com um lucro líquido de R$172,3 milhões no 1T18.
  • O RASK ajustado pela etapa média aumentou 1,8% no 1T19, ao mesmo tempo em que tivemos um aumento de capacidade de 16,0%.
  • O CASK aumentou 4,6% no 1T19, relacionado principalmente com a depreciação de 16,3% do real e a reoneração da folha de pagamento de 20%.
  • O CASK teria reduzido 2,4% em condições de câmbio e combustíveis constantes, e desconsiderando o impacto da reoneração da folha.
  • No final do 1T19, nossa liquidez total foi de R$4,0 bilhões, representando 42,4% da receita dos últimos doze meses.
  • A frota operacional da Azul totalizou 125 aeronaves no final do 1T19, incluindo 24 aeronaves de nova geração Airbus A320neo, que representaram 34% da nossa capacidade total.
  • O TudoAzul finalizou o trimestre com mais de 11 milhões de membros e apresentou um crescimento de 31% no seu faturamento ex-Azul comparado com o 1T18.
  • A receita da Azul Cargo cresceu 41% no 1T19 em relação ao mesmo período do ano anterior.
  • A Azul foi eleita uma das dez melhores companhias aéreas do mundo pela TripAdvisor Travelers’ Choice Awards, e recebeu um total recorde de seis prêmios, incluindo: melhor aérea do Brasil, melhor aérea da América Latina, melhor low cost da América Latina, melhor classe executiva da América Latina e melhor classe econômica da América Latina.

Com informações da FlightGlobal e da Assessoria de Imprensa da Azul

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é Piloto Comercial, Despachante, Bacharel em Ciências Aeronáuticas, membro da AOPA e veterano da Western Michigan University #GoBroncos