Início Empresas Aéreas Azul planeja trocar os 737 por A321 e dar fim à sua...

Azul planeja trocar os 737 por A321 e dar fim à sua frota de Boeing

Avião Airbus A321 P2F
Imagem: Airbus

Como um dos próximos passos no desenvolvimento do seu negócio de cargas, a Azul Linhas Aéreas sinalizou que considera adquirir o Airbus A321F, que entraria no lugar do Boeing 737-400F num futuro não tão distante. A informação foi dada pela diretora da Azul Cargo Express, Izabel Reis.

Segundo a executiva, com o vencimento dos contratos de leasing dos Boeing 737 previsto para 2023, será o momento ideal para reforçar a frota de um negócio que tem mostrado um crescimento substancial nos últimos anos. Um dos exemplos citados foi o aumento nas remessas, saindo de cerca de 2.000 para 4.000 pacotes por dia do ano passado para cá.

Por conta disso, a empresa investiu na adaptação de vários Embraer E195-E1 para levarem carga no lugar dos passageiros. Isso deu ao E-Jet uma capacidade de 6 toneladas. No entanto, o plano atual prevê remover o restante dos assentos e poder levar até 10 toneladas por avião.

A321F

Enquanto isso, os Boeing 737-400F seguem voando muito, mas também acabam passando bastante tempo em manutenção por sua avançada idade. Segundo o levantamento da Azul, seus Boeings têm voado uma média de 9 horas por dia, contra uma média mundial de 3 a 4 horas, de jatos do mesmo modelo.

Um substituto natural, segundo estudos internos, é o A321F, cujos primeiros modelos já convertidos mundo afora têm mostrado uma excelente performance. Além disso, operando jatos Airbus, a Azul se aproveitará da intercambialidade de modelos, já que a companhia já opera a família A320 de passageiros.

Avião Boeing 737-400F Azul Cargo Express

Em termos de capacidade, o jato da Airbus A321 P2F (projeto de conversão da Airbus) pode carregar 28 toneladas por até 3.800 quilômetros, enquanto que os atuais Boeing 737-400F podem levar cerca de 21 toneladas pela mesma distância.

“Para ter tempo de cumprir com os trâmites estamos já olhando agora para o Airbus A321F”, disse a executiva.

Hoje, o Boeing 737-400F é o único jato da fabricante americana a estar na frota da Azul, a qual é dominada por jatos Embraer e Airbus.