Azul posterga início dos voos internacionais com o Airbus A330neo

A Azul Linhas Aéreas, primeira operadora nas Américas do novo Airbus A330neo, postergou o início dos seus voos de longo alcance com a aeronave. Agora, segundo o portar AirlineRoute, o A330-900neo da companhia só entrará em serviço em janeiro de 2019, em torno de um mês depois da previsão inicial de dezembro deste ano.

avião Airbus A330neo da Azul
Primeiro A330neo da Azul em Toulouse. Imagem: Eurospot




O motivo para o atraso não foi revelado, mas fontes próximas da Airbus revelaram ao AeroIN que a produção do A330neo sofre ainda alguns pequenos atrasos que estão afetando todos os clientes do novo modelo.

Com a alteração do cronograma de recebimento, a primeira rota a ser operada será Viracopos – Lisboa, ao invés de Orlando. Já a rota para Fort Lauderdale (Miami) só será iniciada pelo A330neo em março. Veja abaixo como ficaram as rotas da aeronave:

  • Viracopos – Lisboa: Dia 16 de janeiro em diante, sendo entre 4 a 6 frequências semanais;
  • Viracopos – Orlando: Dia 19 de janeiro em diante, com uma frequência semanal, dobrando para segunda frequência a partir do dia 4 de fevereiro e voos previstos apenas até o dia 10 de março;
  • Viracopos – Fort Lauderdale: Dia 12 de março em diante, com duas operações semanais.

Espera-se que a companhia faça inicialmente voos domésticos para treinamento de tripulação e homologação de aeroportos, além de familiarização do pessoal de terra. Neste caso, geralmente ocorrem voos entre os aeroportos de Viracopos, Confins, Recife e Manaus.

O A330-900neo da Azul terá 302 assentos, 11% a mais que o A330ceo atual da companhia. A configuração permite levar 38 passageiros na classe Executiva, 96 na Economy Xtra e 168 na Econômica. Nós já voamos no A330neo na parceira portuguesa da Azul, a TAP. Confira como foi essa experiência única:

Como é voar no Airbus A330neo da TAP durante um voo de certificação

Com informações do portal AirlineRoute.

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagens pela Avianca Brasil e Azul Linhas Aéreas. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

Avião Ilyushin IL-76TD Volga-Dnepr

Veja imagens do raro avião IL-76 e saiba o que veio...

0
O IL-76 veio realizar uma operação de exportação de uma peça especial muito pesada, que não seria capaz de ser carregada em aviões comuns.