Azul premia mulheres que lutam contra o câncer de mama

Três dias em um destino turístico com transporte aéreo, hospedagem, café da manhã e passeios incluídos. O sonho de muitas pessoas se tornará realidade para cinco pacientes atendidas pelo Hospital de Amor de Barretos, no interior de São Paulo.  

O anúncio das vencedoras aconteceu hoje (30) em um encontro realizado no Hospital e contou com a presença com a presença de Camila Almeida, diretora de Pessoas, Ivana Carvalho, coordenadora de Responsabilidade Social, Lígia Ataíde, representante da Azul Viagens, e Cleonice Quaresma, Vitoriosa do câncer de mama da companhia.    

Na ação, mulheres que venceram a doença ou estão na fase final de tratamento compartilharam suas experiências e palavras de apoio com aquelas que acabaram de descobrir o câncer de mama ou estão em tratamento recente. Cada uma delas foi contemplada com um pacote da Azul Viagens, operadora de turismo da Azul, com direito a um acompanhante.   

Rita de Cássia Almeida Tomé, de Birigui/SP, foi a grande vencedora dessa edição e ganhou uma viagem para Natal (RN). Na carta, ela ressaltou que recebeu o diagnóstico às vésperas do casamento, mas que a família e o futuro marido foram essenciais para que a mulher passasse pelo momento desafiador. As outras vencedoras foram: Rosilei Pachoal, de Birigui/SP, que viajará para Maceió; Rosângela Tolovi, de Cuiabá/MT, que irá para Porto Seguro; Antonia Araújo, de Palmas/TO, que poderá desfrutar de três dias com tudo incluído em João Pessoa; e Micheli DiasFazolli, de Jales/SP,  que irá conhecer as belezas e encantos de Balneário Camboriú. Leia a carta da Rita, abaixo:

Para Jason Ward, vice-presidente de Pessoas da Azul, o concurso de cartas integra os esforços da companhia em informar e conscientizar as mulheres sobre a importância da detecção precoce do câncer de mama. “A cada ano, nosso compromisso com a causa aumenta. Promovemos a conscientização de muitas mulheres por meio de ações internas, alçando um voo ainda maior nessa luta contra o contra o câncer de mama junto com a sociedade. E esse concurso é uma forma de celebrar a vitória dessas mulheres e apoiar as pacientes que estão iniciando essa batalha agora. É uma forma de dizer que todos nós estamos juntos nessa, apoiando o tratamento contra essa doença que mais mata pessoas do sexo feminino no mundo”.  

Os prêmios poderão ser utilizados em até 12 meses. As premiadas do concurso do ano passado que ainda não fizeram sua viagem, por conta da pandemia, também poderão desfrutar de seu prêmio até 2021.  

Informações da Azul

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias