AZUL terá um avião Embraer E195-E2 com a bandeira do Brasil na fuselagem

Azul Embraer E195-E2 Bandeira Brasil
Concepção artística do E195-E2 Bandeira – exclusivo AEROIN

Seguindo a tradição de suas pinturas especiais, a Azul Linhas Aéreas irá manter o famoso Embraer “Bandeira do Brasil”, agora na geração E2 do jato brasileiro. Essa será a quinta pintura especial da Azul revelada nas últimas semanas.

Ao longo dos meses se setembro e outubro, divulgamos várias pinturas novas da Azul, como a da campanha “Azul é Rosa”, que apoia o Outubro Rosa e o combate de câncer de mama, que recebeu reforço e contará novamente com um ATR72 (já recebido), com um E195-E2 (a receber em novembro) e, no ano que vem, com um A330-900neo rosa que revelamos com exclusividade.

Além desses, o primeiro Embraer E195-E2 da Azul foi pintado totalmente de azul com valores da companhia escritos na fuselagem, enquanto que sua matrícula PR-PJN homenageia seu antigo presidente, Pedro Janot.

Atual Embraer E195-E1

O próximo de pintura especial será mais um E195-E2, que se juntará ao atual E195-E1 PR-AYV, e também receberá uma pintura muito bonita com a bandeira do Brasil estampada na sua fuselagem. Com essa pintura, a Azul procura criar o conceito de ’empresa de bandeira’ do Brasil, além de fazer uma conexão com o fato da empresa ser a primeira brasileira a operar massivamente os E-Jets da Embraer, fabricados em território nacional (vale recordar que a Azul não foi a primeira empresa a operar o jatos Embraer no Brasil, antes dela operaram a Rio-Sul, Trip, etc.).

Reconhecer esse feito é um dos atos que a empresa mais gosta e reforça sempre em seus eventos e lançamentos de rotas ou aeronaves. O CEO da empresa, John Rodgerson, declarou durante a apresentação do E2 no meio do mês de outubro: “[o E2] é uma aeronave feita por brasileiros, tripulada por brasileiros, para brasileiros voarem” Antes dele, o comandante do primeiro voo da Azul na Ponte Aérea e o comandante do primeiro voo do E2 disseram a mesma coisa, como um mantra.

Airbus A330 nas cores da Bandeira do Brasil

O futuro “Bandeirinha” ainda não tem matrícula confirmada, mas espera-se que seja o PS-AEC. Vale também lembrar que existe o “Bandeirão”, um Airbus A330-200 no mesmo esquema de pintura com a bandeira brasileira e matriculado PR-AIV.

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é Piloto Comercial, Despachante, Bacharel em Ciências Aeronáuticas, membro da AOPA e veterano da Western Michigan University #GoBroncos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.