Azul torna regulares voos entre Belo Horizonte e Jericoacoara

Os mineiros não vão precisar esperar o período de alta temporada para contar com voos diretos de Belo Horizonte para Jericoacoara. A partir de 07 de agosto, a Azul passa a operar frequências regulares e sem escalas entre as cidades mineira e cearense. As novas operações serão realizadas às terças e quintas com as aeronaves modelo Embraer 195, que tem capacidade para até 118 Clientes. Os voos do novo mercado já estão à venda em todos os canais oficiais da Azul.




A decisão de operar a rota foi tomada após os testes bem sucedidos no mercado doméstico, com voos extras e ao longo da última alta temporada de verão. Com o novo mercado, a Azul passa a voar para Jericoacoara a partir de seus três hubs: Campinas, Belo Horizonte e Recife. Ao todo, serão cinco operações semanais para um dos destinos mais procurados do país.

Os voos entre Belo Horizonte e Jeri terão conexões de e para Brasília, Congonhas, Guarulhos e Campinas, em São Paulo, além de Rio de Janeiro, Curitiba e Porto Alegre. As cidades atendidas pela Azul no interior de Minas e de São Paulo também serão beneficiadas com uma conectividade curta em Confins.

Confira abaixo as inclusões em BH:

Belo Horizonte – Jericoacoara (A partir de 07/08)

*Novo mercado*

Origem Saída Destino Chegada Frequência
Confins 13:05 Jericoacoara 15:50 Às terças e quintas
Jericoacoara 16:25 Confins 19:20 Às terças e quintas

Mais voos para Campinas

Junto à inclusão de voos para Jericoacoara, Belo Horizonte ganhará mais duas operações semanais para Campinas. As frequências também vão ser integradas à malha da companhia a partir de 07 de agosto. Quando em operação, o mercado Campinas-Confins passará a ter onze voos diários às terças e quintas.

Belo Horizonte – Campinas (A partir de 07/08)

*Inclusão de voo*

Origem Saída Destino Chegada Frequência
Campinas 11:10 Confins 12:25 Às terças e quintas
Confins 20:00 Campinas 21:15 Às terças e quintas

 
Informações pela Assessoria de Imprensa da Azul.
 

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é Editor-Chefe do AEROIN.