Azul troca o ATR pelo Embraer nos voos para Cascavel

Quando a Azul defende ser a companhia aérea mais brasileira de todas, tem motivos para afirmar isso.

Única no país a voar com uma aeronave nacional e a investir na aviação regional, a empresa passou a operar em Cascavel, a partir desta segunda (1º), com um avião maior e de DNA 100% brasileiro, o jato da Embraer.

O pouso do equipamento na cidade do interior do Paraná aconteceu por volta das 15h e foi celebrado com os tradicionais jatos d’água, para marcar o início das operações da Azul com os chamados E-Jets.

Com o início das ligações entre Campinas e Cascavel, a Azul aumenta a oferta de assentos semanais neste mercado em 68%. Mas o crescimento da companhia no destino paranaense não vai parar por aí. A partir de 05 de agosto, a empresa iniciará o segundo voo diário entre as cidades, também com as aeronaves da Embraer, que têm capacidade para até 118 Clientes.  Os voos serão operados à tarde até o fim do período da malha de inverno, em 02 de setembro.

“Cascavel é uma cidade estratégica e muito importante para a malha da Azul. As inclusões que estamos fazendo reforçam o nosso investimento na aviação regional brasileira e mostram a consolidação da demanda local. Estamos confiantes com o nosso crescimento na cidade e esperamos conquistar ainda mais a fidelidade de  quem mora na região”, aposta Abhi Shah, vice-presidente de Receitas da Azul.

Informações pela Azul.

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é Editor-Chefe do AEROIN.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.