Azul voará para apenas 25 aeroportos; Congonhas e Guarulhos estão fora da lista

A Azul Linhas Aéreas segue os passos da GOL e anunciou uma redução de 90% em sua malha aérea e frota para o próximo mês, restringindo seus voos a um punhado de cidades.

Azul Airbus A320neo

A empresa anunciou que terá apenas 70 voos por dia a partir da próxima quarta-feira, 25, mantendo as operações em apenas 25 aeroportos do país inteiro, apenas uma fração de menos de 25% dos 114 aeroportos para os quais a empresa voava antes da crise.

Neste corte, o que chama a atenção é a ausência da cidade de São Paulo, já que não há voos previstos nem para Guarulhos e nem para Congonhas. Veja a lista completa de cidades contempladas com voos nesse momento:

  • Campinas – Viracopos
  • Belo Horizonte – Confinfs
  • Recife
  • Belém
  • Brasília
  • Cuiabá
  • Campo Grande
  • Curitiba
  • Fernando de Noronha
  • Fort Lauderdale – Miami
  • Florianópolis
  • Goiânia
  • Manaus
  • Orlando
  • Montes Claros
  • Palmas
  • Porto Alegre
  • Porto Velho
  • Rio de Janeiro – Santos Dumont
  • São Luís
  • Salvador
  • Tabatinga
  • Tefé
  • Uberlândia
  • Vitória

A Azul tem acomodado seus passageiros em outras companhias aéreas, além de combinar destinos com a LATAM e GOL para não deixar um mínimo de cidades desatendidas.

Recomenda-se aos passageiros que possuem passagens compradas em algumas das empresas aéreas que contatem as mesmas apenas 72 horas antes do voo, já que existem mudanças de malha constantes e o call-center tem estado congestionado.

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é Editor-Chefe do AEROIN.

Comentários estão fechados.