Azul irá voar para Santos/Guarujá e restabelece voos para Araraquara

Mais voos, mais ligações diretas e mais destinos. A Azul anuncia nesta quinta (18) a inauguração de duas novas bases de operação em São Paulo, Araraquara e Santos/Guarujá, que não recebia frequências comerciais há quatro décadas, e a adição de 200 voos semanais.

Com os novos mercados e rotas, a companhia se tornará líder em número de decolagens no estado paulista, com 231 partidas diárias para 58 destinos. O incremento da atuação da companhia é reflexo do acordo com o governo de São Paulo, que reduziu a alíquota do imposto que incide sobre o querosene de aviação.

Araraquara voltará ao cenário da aviação nacional, recebendo um voo diário para Campinas, a partir de 01 de setembro. A cidade será a 104º base doméstica da empresa, que detém, de longe, a maior malha aérea do Brasil. Com as ligações diretas e diárias para o aeroporto de Viracopos, Clientes de Araraquara terão a possibilidade de se conectar para todos os destinos no Brasil e no exterior que são atendidos pela Azul a partir de seu maior centro de conexões do país.

Clientes da Baixada Santista, que será o 105º destino da Azul, também poderão voar com a empresa e conhecer os premiados serviços e produtos da companhia. A Azul considera operar voos do litoral paulista para os aeroportos Santos Dumont, no Rio, Belo Horizonte, em Minas, e Curitiba, no Paraná, em data a ser definida. O início das operações dependerá da licitação do aeroporto, que fica no Guarujá, e de obras estruturais. A região voltará a ser servida após cerca de quatro décadas sem frequências comerciais. Tanto o litoral de São Paulo quanto Araraquara serão operados com as aeronaves modelo ATR 72-600, com capacidade para até 70 Clientes.

Considerando o anúncio de hoje, a Azul ampliará a liderança em cidades servidas em São Paulo, chegando a 12 destinos: Campinas, Congonhas, Guarulhos, São José dos Campos, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, Presidente Prudente, Araçatuba, Marília, Bauru, Araraquara e Santos/Guarujá. Além disso, a empresa manterá a primeira posição em volume de rotas interestaduais atendidas (em média, 36 voos diários entre destinos paulistas) e alcançará uma média de 231 decolagens diárias a partir dos 12 aeroportos que contarão com voos da companhia.

“Estou muito animado com o anúncio que estamos fazendo hoje em parceria com o governo do estado. Nossa ampliação em São Paulo sinaliza a nossa aposta na aviação regional, levando o Brasil literalmente no peito. Com as novas bases de operação e os novos mercados atendidos, poderemos mostrar nossos produtos e serviços para cada vez mais brasileiros, mostrando como a Azul valoriza a experiência e a satisfação de quem voa conosco. Tenho muita confiança na malha que vamos oferecer e espero que possamos proporcionar novos sonhos para nossos Clientes paulistas”, ressalta John Rodgerson, presidente da Azul.

Além das novas cidades servidas, a Azul fortalecerá o seu hub de conexões em Campinas e a sua presença em Guarulhos. De junho até dezembro deste ano serão oito novas ligações diretas: Campinas-Sinop, a partir de junho, Campinas-Vitória da Conquista, a partir de agosto, Campinas-Imperatriz, Campinas-Aracaju, Campinas-Natal, Campinas-São Luis e Campinas-João Pessoa, em julho, e Campinas-Cabo Frio, em dezembro de 2019. Com as novas rotas, o aeroporto de Viracopos chegará a uma média de 155 voos diários da Azul 58 destinos diretos.

A companhia também anunciou que retorna as operações para a cidade de Ipatinga no próximo dia 1º, após ter suspendido voos no aeroporto local devido as más condições da pista.

Pela Assessoria de Imprensa da Azul Linhas Aéreas

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é Piloto Comercial, Despachante, Bacharel em Ciências Aeronáuticas, membro da AOPA e veterano da Western Michigan University #GoBroncos