BA CityFlyer vai modernizar frota com Boeing E2 ou Airbus A220

By Pedro Aragão – CC BY-SA 3.0

No segmento de jatos regionais, Boeing Brasil e Airbus estão em um duelo constante pelo sucesso de seus projetos. A europeia está na frente, com 500 encomendas da família A220, contra 170 dos E2 fabricados no Brasil. Agora, uma decisão da BA CityFlyer, subsidiária da British Airways, pode dar uma força a mais para os E2.

O consórcio IAG, que também é dono da Iberia, procura modernizar a frota da BA CityFlyer, com uma encomenda de, pelo menos, 26 aeronaves. conforme dito pelo CEO Willie Walsh em entrevista ao Aerotelegraph. Ele considera ambos os modelos excelente produtos e que não tem um favorito.

Apesar disso, a Embraer tem alguns benefícios, já que a frota atual da empresa já contém 24 Boeings, sendo seis E170 e 18 E195. Escolher aeronaves do mesmo fabricante resultará em redução de custo de treinamento.

Ambos os modelos podem operar no London City Airport, principal base da BA CityFlyer. O aeroporto é conhecido por sua aproximação complicada e os pilotos requerem uma licença especial para operar ali.

Carlos Ferreira

É profissional de marketing e pesquisador de temas relacionados à aviação há quase duas décadas. Leva a câmera fotográfica para onde vai e faz mais fotos de aviões do que dos passeios. Responsável pela linha editorial da revista eletrônica AEROIN.net.