Bebês falcões são encontrados num jato Airbus que ficou meses armazenado

A mãe natureza sempre procura o local mais seguro para criar os, muitas vezes indefesos, filhotes. Assim fez uma mamãe falcão, que decidiu que o melhor ninho seria numa APU de um avião Airbus A320.

Fotos: RSCPA Cymru

Os dois filhotes de falcões da espécie peneireiro-vulgar (Falco tinnunculus) foram encontrados durante uma manutenção num jato Airbus A320 no Reino Unido. De matrícula 2-ACSJ, que estava estocado no aeroporto de St. Athan, no país de Gales.

A aeronave tinha sido movimentada para uma manutenção, possivelmente preparando ela para ser transferida para a aérea SkyBird Airlines (nome sugestivo) do Egito, quando os animais foram achados.

RSCPA

Durante uma inspeção da Auxiliary Power Unit (APU), foram encontrado os dois filhotes. A APU, ou Unidade de Força Auxiliar, é um pequeno motor a jato que fica na parte traseira da aeronave, gerando energia para a partida dos motores das aeronaves e também para o funcionamento de alguns sistemas a bordo.

Por ser um motor a jato, possui uma saída de gases localizada após a turbina, e era exatamente ali onde os dois pequenos falcões estavam abrigados. Os mecânicos após acharem os pássaros, chamaram a entidade de resgate de animais RSPCA Cymru, que os retirou com muito cuidado.

Saída de gases do APU – RSCPA

Eles foram encaminhados a um hospital veterinário próximo e, segundo a RSCPA, estavam famintos e não comiam havia dias. Não foi divulgado se os pequenos falcões serão devolvidos a natureza num futuro próximo.

Uma das etapas de retirar a aeronave de estocagem inclui checar os “buracos” e entradas que podem acumular sujeira ou permitir a entrada de pequenos animais. As APUs, no entanto costumam ser tampadas com uma borracha vermelha chamativa, exatamente para ser retirada antes do voo.

Este A320 não estava com esse “tampão” e, por questão de procedimentos, a APU não foi ligada antes da verificação, o que poderia ter ocasionado a morte dos falcões.

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias