Início Variedades Belas imagens de aviões-bombeiros russos combatendo incêndios florestais siberianos

Belas imagens de aviões-bombeiros russos combatendo incêndios florestais siberianos

Foto: Ministério Russo para Situações de Emergência

Nos últimos tempos, a Rússia tem sido afetada por incêndios florestais generalizados, atribuídos a temperaturas excepcionalmente altas e a falta de cumprimento por parte de muitos cidadãos das regras de segurança contra incêndios, sendo a região de Sakha-Yakutia, no nordeste da Sibéria, a mais afetada.

Há duas semanas, autoridades locais de emergência disseram que 187 focos de incêndio afetavam a região. A fumaça pesada cobriu a cidade russa de Yakutsk e 50 outras na região, além de assentamentos siberianos. A densidade da fumaça era tamanha que as operações no aeroporto da cidade foram interrompidas temporariamente.

Enquanto isso, dois aviões anfíbios do modelo Beriev BE-200ES eram empregados no combate ao fogo. A ação dos jatos rendeu um conjunto de bonitas fotos, compartilhadas pelo Ministério das Situações de Emergência da Rússia e disponíveis nessa publicação.

O Beriev Be-200 Altair é uma aeronave utilitária, projetada e construída pela Beriev Aircraft Company e cujo primeiro voo aconteceu em 24 de setembro de 1998. Foi projetado para atuar no combate a incêndios, busca e resgate, patrulha marítima, transporte de carga e passageiros. Ele tem capacidade para 12.000 litros de água, ou até 72 passageiros. 

Sua ajuda tem sido bem vinda num momento em que a região de Yakutsk vive o verão mais seco dos últimos 150 anos e o mês de junho foi o mais quente já registrado. O excesso de fumaça causa lesões nos olhos e é perigoso para a respiração, impactando diretamente a saúde dos habitantes das mais de 50 localidades afetadas.

Além das duas aeronaves, que despejam água ou retardantes para conter a propagação do fogo, mais de 2.200 pessoas estiveram (e estão) envolvidas no esforço de combate aos incêndios nesse ano.

Sair da versão mobile