BH Airport se torna centro multimodal de soluções logísticas integradas

Receba as notícias em seu celular, acesse o canal AEROIN no Telegram.

Visão do novo terminal desde torre do aeroporto. Foto: Leo Drumond / BH Airport

O Terminal de Cargas do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, o BH Airport, segue em constante movimentação e se tornou uma opção atrativa para a importação e exportação de produtos de Minas Gerais para o restante do mundo por meio do modal marítimo. O objetivo, segundo Rafael Laranjeira, gestor executivo de Soluções Logísticas da BH Airport, é fortalecer o papel do aeroporto como um centro multimodal de soluções logísticas integradas, reconhecido tecnicamente em âmbito nacional e internacional.

“Recentemente, a área de Soluções Logísticas Integradas passou por uma importante reestruturação que visa garantir um reposicionamento do aeroporto no mercado. Isso reflete em maior celeridade, segurança e qualidade dos negócios e em um nível de qualificação técnica ideal para fomentar novas oportunidades e parcerias estratégicas”, ressalta Laranjeira.

Nessa nova operação, o transporte rodoviário é compartilhado, reduzindo os custos logísticos entre as empresas, sendo um diferencial para os importadores e exportadores, que são impactados diretamente pelos custos da operação. Além disso, o desembaraço aduaneiro é realizado dentro do Terminal de Cargas do aeroporto, o que garante mais segurança e sinergia com os outros modais.

O projeto prevê dois veículos semanais interligando o porto ao aeroporto e vice-versa. Esse quantitativo pode ser ajustado conforme a demanda. “O projeto é pioneiro ao lançar no mercado um serviço multimodal para o transporte de cargas, que possibilita ao aeroporto, a coleta e entrega de cargas fracionadas ao Porto de Santos, ligando o céu ao mar”, explica Laranjeira.

O Porto de Santos é hoje o maior complexo portuário da América Latina, responde pela movimentação de quase um terço das trocas comerciais brasileiras. Segundo dados do Ministério da Economia, Indústria e Comércio Exterior e Serviços, o total de exportações de Minas Gerais por meio marítimo, em 2019, foi de US$ 22,2 bilhões e US$ 6,9 bilhões de importações.

O serviço contribui para ampliar a participação na movimentação dessas cargas. Laranjeira ressalta que a construção de parcerias e a atuação da equipe de Soluções Logísticas Integradas da BH Airport tem como objetivo oferecer projetos de acordo com a necessidade de cada cliente e que isso só foi possível graças ao trabalho conjunto com o grupo Bandeirantes Logística Integrada e a Amalog Soluções Logísticas Ltda.

Principais vantagens do serviço

As cargas são desembaraçadas no Terminal de Cargas do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, o que traz ganhos em agilidade, segurança e sinergia entre os modais aéreo, marítimo e rodoviário. Além disso, com as saídas fixas na semana (terças e quintas-feiras), as empresas possuem previsibilidade e melhor planejamento logístico, atrelado a um custo reduzido devido ao compartilhamento do valor do frete rodoviário na importação, o que reflete também para as cargas de exportação, com saídas às segundas-feiras.

Aeroporto é certificado pela Anvisa

O Terminal de Cargas do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte foi reconhecido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) por atender as Boas Práticas de Armazenagem, conforme diretrizes da Resolução 346/02. A certificação comprova que o Terminal de Cargas cumpre todos os requisitos para receber cargas sujeitas ao controle da instituição, sobretudo no atual momento de pandemia do coronavírus. A certificação reforça a estratégia do aeroporto em oferecer serviços de qualidade com eficiência e atendimento customizado por meio de soluções logísticas integradas para o mercado.

Informações da Assessoria de Imprensa do BH Airport

Receba as notícias em seu celular, acesse o canal AEROIN no Telegram.

Carlos Ferreira

É profissional de marketing e pesquisador de temas relacionados à aviação há quase duas décadas. Leva a câmera fotográfica para onde vai e faz mais fotos de aviões do que dos passeios. Responsável pela linha editorial da revista eletrônica AEROIN.net.

Comentários estão fechados.